Líder do ranking mundial de golfe desiste da Rio 2016 por causa do zika

Mariana Ohde


Fonte: UOL

O número 1 do ranking mundial do golfe, Jason Day, anunciou nesta terça-feira que não participará nos Jogos Olímpicos Rio-2016 por causa do vírus Zika. O golfista australiano contou que planeja ser pai em um futuro próximo e acha prudente não viajar ao Rio de Janeiro.

“A razão de minha decisão tem a ver com a possibilidade de transmissão do vírus Zika e o potencial risco que ele representa para uma futura gravidez de minha mulher e para os membros da minha família”, explicou o golfista de 28 anos em seu Twitter.

O alto número de desistências de atletas do golfe para a Rio-2016 já assusta os dirigentes do esporte, que já temem que a modalidade seja retirada da Olimpíada de 2020, em Tóquio.
“É triste que grandes jogadores estão deixando a competição”, disse uma fonte da Federação Internacional de Golfe ao site insidethegames.com.

“Claramente cada um tomou a decisão pessoalmente levando em consideração a saúde e outros motivos que respeitamos”, completou.

Jason Day é mais um golfista da elite do esporte a anunciar que não virá ao Rio de Janeiro. Na última semana, Rory Mcllroy, número 3 do ranking mundial, e Graeme McDowell, atleta que herdaria a vaga de Mcllroy, anunciaram desistência pelo mesmo motivo. O australiano Marc Leishman também não virá ao Rio.

O golfista número um do mundo disse que consultou especialistas, que confirmaram o risco e ajudaram a tomar a decisão. Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que casais que vivem em locais com o surto do vírus zika considerem adiar a gravidez.

“Sempre coloquei minha família na frente de tudo em minha vida. Especialistas médicos confirmaram que, embora leve, uma decisão de competir no Rio vem com risco para a minha saúde e de minha família”, confirmou.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal