Liminar teria barrado transmissão online do Atletiba se equipe fosse credenciada

Andreza Rossini


Com informações da BandNews Curitiba

O presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury, afirmou nesta segunda-feira (20) que se a equipe de dez pessoas que iria fazer a transmissão online do jogo entre Coritiba e Atlético, na Arena da Baixada, tivesse credenciamento, a Federação iria barrar a transmissão pela internet com uma liminar.

“É uma posição da Federação. Estava cheio de funcionários trabalhando, só eles que não entraram porque os times resolveram fazer a transmissão do jogo em cima da hora. Não teria nenhum problema, desde que cumprissem com as regras. Se fosse causar prejuízo para a federação nós entraríamos com uma liminar para barrar e, se acontecesse, daríamos um jeito de cobrar depois”, afirmou. “É um posicionamento que vale para todo mundo e que nós estamos aplicando há muito tempo”, complementou.

A Federação aguarda os protocolos dos funcionários para a realização de uma análise com o objetivo de decidir sobre uma possível punição. “Se precisar vai ter, se precisar perder ponto vai perder, não tenha dúvida disso”, disse.

Cury pediu desculpas para os torcedores. “É a razão maior do espetáculo, ele que dá vida ao futebol. É uma pena, mas pode ter certeza que nós não saímos uma vírgula do que é correto”, afirmou.

A decisão da FPF suspendeu a partida com 25 mil torcedores na arquibancada e todo o preparativo para o jogo. A Federação alegou, por meio da Assessoria Jurídica, que não houve credenciamento das pessoas que fariam a transmissão da internet, o que seria uma exigência da FPF, porém, os clubes alegam que a arbitragem teria recebido ordem de não liberar a partida até que terminasse a transmissão online.

Coritiba e Atlético não assinaram o contrato para transmissão de jogos com a Globo. Cury afirmou que a decisão de suspender o jogo não teve nenhuma relação com reclamações de outras transmissoras.

Por meio de nota, os clubes se desculparam com os torcedores e explicaram o ocorrido. Veja na íntegra:

O Coritiba Foot Ball Club e o Clube Atlético Paranaense informam que o clássico deste domingo (19), no Estádio Atlético Paranaense, não foi realizado devido à decisão da Federação Paranaense de Futebol de não autorizar o início da partida com a transmissão dos clubes em seus canais oficiais, no Facebook e YouTube, contrariando os interesses de seus afiliados CAP e CFC. Os clubes lembram que a ação pioneira foi realizada, pois as duas equipes não venderam os direitos de transmissão de seus jogos no Campeonato Paranaense, por não concordarem com os valores oferecidos. Diante da posição arbitrária e sem qualquer razoabilidade da Federação Paranaense de Futebol, os clubes lamentam o prejuízo causado ao futebol paranaense, em especial aos seus torcedores.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="415536" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]