Liverpool goleia Crystal Palace e pode ser campeão nesta quinta

Jorge de Sousa

Liverpool goleia Crystal Palace e pode ser campeão nesta quinta caso o Manchester City perca do Chelsea

O Liverpool goleou o Crystal Palace por 4 a 0 na tarde desta quarta-feira (24) e pode ser campeão da Premier League nesta quinta-feira (25).

Para o Liverpool comemorar a conquista, o Manchester City não pode derrotar o Chelsea em Stanford Bridge, em duelo que encerra a 31ª rodada da Premier League.

Os gols da vitória dos Reds foram marcados por Trent Alexander-Arnold, Mo Salah, Fabinho e Sadio Mané.

O título encerrará um jejum de 30 anos do Liverpool em campeonatos nacionais, sendo que a equipe nunca venceu o torneio já no formato de Premier League.

LIVERPOOL DEVE IMPEDIR TRICAMPEONATO DO CITY

O Manchester City de Pep Guardiola entrou na temporada para buscar o tricampeonato da Premier League, feito conseguido apenas pelo Manchester United (1999 à 2001 e 2006 à 2008).

A conquista também irá aproximar o Liverpool do Manchester United na corrida de maiores vencedores do campeonato inglês.

O Liverpool está perto do seu 19° título e irá ficar apenas um abaixo do Manchester United. Abaixo aparece o Arsenal com 13 troféus.

Vale lembrar que diferentemente do Liverpool -eliminado pelo Atlético de Madri, o Manchester City ainda disputa a Uefa Champions League, tendo a vantagem de ter vencido o primeiro jogo das oitavas de final contra o Real Madrid.

GOLEADA FEITA COM GOLAÇÕS EM ANFIELD ROAD

Liverpool goleia Crystal Palace e pode ser campeão nesta quinta
Mo Salah marcou seu 17º gol nessa Premier League, sendo artilheiro dos Reds na competição. (Reprodução/Twitter Liverpool)

O Crystal Palace perdeu seu principal jogador logo aos 14 minutos de jogo. Wilfried Zaha sentiu uma lesão e precisou ser substituído por Max Meyer.

Sem a velocidade no contra-ataque, o Crystal Palace não conseguiu apresentar riscos para o Liverpool, que dominou por completo as ações do jogo.

O domínio resultou em gol aos 23 minutos, quando Alexander-Arnold bateu com maestria falta da entrada da área, colocando a bola perto do ângulo direito.

Quase nos acréscimos do primeiro tempo, Fabinho fez belo lançamento para Salah na área. O egípcio dominou no peito e tocou na saída de Wayne Hennessey.

Fabinho também deixou a sua marca aos nove minuto do segundo tempo. O volante brasileiro arriscou da intermediária e acertou uma bomba no canto direito.

Ainda deu tempo de Mané marcar o quarto gol do Liverpool. Após tabela de Roberto Firmino e Salah, o egípcio lançou o senegalês que finalizou cruzado para encerrar o placar.

Previous ArticleNext Article