Liverpool empata clássico e pode ver Manchester City diminuir vantagem

Jorge de Sousa

Liverpool empata clássico e pode ver Manchester City diminuir vantagem

O Merseyside Derby do segundo turno da Premier League terminou empatado em 0 a 0 na tarde deste domingo (21), em resultado que não foi positivo para Liverpool e Everton.

Isso porque o Liverpool pode ver a vantagem para o Manchester City diminuir em dois pontos e o Everton perdeu a chance de se aproximar pela briga pelas competições europeias.

O jogo foi válido pela 30ª rodada da Premier League, que ainda irá contar com o duelo entre Manchester City e Burnley nesta segunda-feira (22).

Se recuperando de lesão no tornozelo, o egípcio Mo Salah ficou no banco e não foi acionado pelo técnico Jurgen Klopp durante a partida.

MILAGRE PARA O CITY AINDA É POSSÍVEL

O Liverpool precisa de mais cinco pontos nas últimas oito rodadas para conquistar pela primeira vez a Premier League.

Por isso a missão do Manchester City é complexa, porque além de vencer todos os seus compromissos até o final -incluindo um duelo contra o Liverpool, a equipe ainda precisa “secar” os Reds.

Caso vença o Burnley nesta segunda-feira, o City irá ficar 20 pontos atrás do Liverpool e irá atrasar em pelo menos mais duas rodadas a festa do título do rival.

Vale lembrar que diferentemente do Liverpool -eliminado pelo Atlético de Madri, o Manchester City ainda disputa a Uefa Champions League, tendo a vantagem de ter vencido o primeiro jogo das oitavas de final contra o Real Madrid.

VIRADA RELÂMPAGO NO SEGUNDO TEMPO

Liverpool empata clássico e pode ver Manchester City diminuir vantagem
Richarlison se mantém ajoelhado no início do jogo em protesto contra a violência policial contra negros. (Reprodução/Twitter Liverpool)

Mesmo com maior posse de bola na primeira etapa, o Liverpool não criou chances de perigo a meta de Jordan Pickford.

A principal chance dos primeiros 45 minutos saiu dos pés de Richarlison, que aproveitou erro no corte de Fabinho e finalizou firme para boa defesa de Alisson.

No segundo tempo o cenário da partida não se alterou. O Liverpool seguiu com maior posse de bola, mas as chances mais perigosas foram criadas pelo Everton.

Entre elas, aos 34 minutos Richarlison foi lançado pela esquerda e cruzou rasteiro para Dominic Calvert-Lewin finalizar de letra e Alisson fazer grande intervenção.

O rebote sobrou para Tom Davies que chutou cruzado e a bola acertou o poste esquerdo antes de ser afastada pela zaga do Liverpool.

Alisson ainda salvou o Liverpool mais uma vez aos 36 minutos. Richarlison fez boa finta sobre Dejan Lovren e chutou firme para o goleiro salvar os Reds.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="705068" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]