Liverpool vira contra o Villarreal e está na final da Champions League

O Liverpool levou um susto ao levar dois gols no primeiro tempo, mas virou na etapa final, ganhou do Villarreal por 3 a 2 e está na final da Champions League

Pedro Melo - 03 de maio de 2022, 17:52

(Reprodução/Twitter/Liverpool)
(Reprodução/Twitter/Liverpool)

O Liverpool é o primeiro finalista da Uefa Champions League. No estádio de la Cemarica, os Reds levaram um susto ao levar dois gols no primeiro tempo, mas viraram na etapa final e ganharam do Villarreal por 3 a 2. O placar agregado da semifinal foi de 5 a 2.

Com a classificação, o Liverpool vai disputar a final da Champions League pela 10ª vez na história e busca o 7º título. Além disso, o time comandado por Jürgen Klopp segue em busca de todos os troféus disputados na temporada. Ganhou a Copa da Inglaterra, também está na decisão da Copa da Inglaterra diante do Chelsea e disputa a liderança da Premier League com o Manchester City.

Na decisão da Champions, o Liverpool pode fazer uma final 100% inglesa contra o Manchester City ou enfrentar o Real Madrid. O City ganhou na Inglaterra por 4 a 3 e joga pelo empate.

LIVERPOOL LEVA SUSTO, MAS TEM SEGUNDO TEMPO IMPECÁVEL E GARANTE LUGAR NA FINAL DA CHAMPIONS

Em desvantagem no confronto, o Villarreal não se intimidou de enfrentar o Liverpool e precisou de apenas dois minutos para abrir o placar diante da torcida. Estupiñán cruzou a bola na área, Capuoue ajeitou para a pequena área e Dia apenas teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede.

O primeiro gol deu muita moral para o time espanhol que quase marcou o segundo aos 11 minutos. Parejo pegou o rebote e mandou perto da trave. O Liverpool respondeu na sequência, mas o chute de Thiago parou no travessão. E aos 23, Alexander-Arnold ficou na cara de Rulli, mas Albiol se recuperou da falha no início da jogada e impediu a finalização.

Na reta final, o Villarreal voltou a tomar conta da partida e reclamou de um pênalti não marcado de Alisson em Lo Celso. Pouco tempo depois, o Submarino Amarelo chegou ao segundo gol e igualou o confronto. Capoue levantou a bola na área, Coquelin subiu mais alto que Alexander-Arnold e cabeceou no canto direito, sem chances para Alisson.

O técnico Jürgen Klopp trocou Diogo Jota por Luis Díaz e a entrada do colombiano mudou o desempenho do Liverpool no segundo tempo. O time inglês pressionou desde o início, acertou bola no travessão com Alexander-Arnold e descontou aos 16 minutos. O brasileiro recebeu livre na ponta direita, chutou cruzado e a bola passou por debaixo das pernas do goleiro Rulli.

Três minutos depois, o time inglês quase chegou ao empate. Luis Díaz chutou colocado de dentro da área e Raul Albiol deu um leve desvio para tirar a bola do fundo da rede. Porém, aos 21, o colombiano teve uma nova chance e desta vez não desperdiçou. Ele recebeu cruzamento quase na pequena área e cabeceou para o fundo do gol.

O empate deixou o Villarreal desesperado e o Liverpool aproveitar para confirmar a vaga na decisão da Champions League com uma nova vitória. Aos 28 minutos, Rulli saiu muito mal do gol, Mané driblou o goleiro ainda na intermediária, passou também por Foyth e apenas empurrou a bola para a rede.

FICHA TÉCNICA - VILLARREAL 2X3 LIVERPOOL

Data, horário e local: terça-feira (02), às 16h, no estádio de la Cerámica, em Villarreal (ESP).

Villarreal: Rulli; Foyth, Raúl Albiol (Aurier), Pau Torres e Estupiñán (Trigueros); Capoue, Coquelini (Pedraza) e Parejo, Lo Celso, Gerard Moreno (Chukwueze) e Dia (Paco Alcácer). Técnico: Unai Emery.

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Konate, Van Dijk e Robertson (Tsimikas); Keita (Henderson), Fabinho (Milner) e Thiago (Jones), Salah, Mane e Diego Jota (Luis Díaz). Técnico: Jürgen Klopp.

Gols: Dia (VIL), aos 3' do primeiro tempo, Coquelin (VIL), aos 41' do primeiro tempo, Fabinho (LIV), aos 16' do segundo tempo, Luis Díaz (LIV), aos 21' do segundo tempo, e Mané (LIV), aos 28' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Alexander-Arnold (LIV); Lo Celso e Pau Torres (LIV).

Cartão vermelho: Capoue (VIL).