Londrina perde em casa para o CSA e afunda na zona de rebaixamento da Série B

Pedro Melo

Londrina CSA Série B resulta

O Londrina perdeu no estádio do Café para o CSA por 2 a 0 e segue na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Os dois gols da vitória do time alagoano foram marcados na reta final do primeiro tempo por Yuri e Iury Castilho.

Com a derrota, o Tubarão completa quatro jogos sem vencer na Série B e continua com 21 pontos. A desvantagem para Vila Nova e Ponte Preta, os primeiros times na zona de rebaixamento, segue em cinco pontos. Já o CSA subiu para o 12º lugar, com 32, e se afastou do Z4.

Na próxima rodada, o Londrina busca recuperação contra o Náutico, que briga pelo G4, na terça-feira (21), às 21h30, nos Aflitos. E o CSA encerra a rodada diante do Botafogo, na quinta-feira (23), às 19h, no estádio Rei Pelé.

O CSA marcou os dois gols da vitória em apenas nove minutos. Aos 40 do primeiro tempo, Yuri aproveitou cruzamento de Iury Castilho e desviou a bola para o fundo das redes. Já aos 49, Iury Castilho dominou na direita e chutou forte para ampliar a vantagem.

No início da etapa final, o CSA teve a chance de marcar o terceiro. No primeiro minuto, Saimon derrubou Iury Castilho na área e o árbitro marcou a penalidade máxima. Na cobrança, Marco Túlio chutou no canto, a bola raspou na trave e saiu.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 0X2 CSA

Data, horário e local: sábado (18), às 16h30, no estádio do Café, em Londrina (PR).

Londrina: Dalton; Matheus Bianqui (Pedro Cacho), Saimon, Marcão e Felipe Vieira; Tárik (Caprini), Jhonny Lucas e Celsinho (Luiz Henrique); Lucas Lourenço (Gegê), Júnior Pirambu e Gabriel Ramos (Salatiel). Técnico: Márcio Fernandes.

CSA: Thiago Rodrigues; Cristovam (Everton Silva), Lucão, Matheus Felipe e Ernandes (Giva Santos); Yuri, Geovane e Gabriel; Iury Castilho (Reinaldo), Marco Túlio (Renato Cajá) e Nilson (Dellatorre). Técnico: Mozart.

Cartões amarelos: Lucas Lourenço, Gegê e Jhonny Lucas (LEC); Lucão (CSA).

Arbitragem: Adriano Barros Carneiro (CE), auxiliado por Renan Aguiar da Costa (CE) e Eleutério Felipe Marques Junior (CE). A responsável pelo VAR é Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA-SP).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="790931" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]