Londrina encara o Boa para manter chances matemáticas de acesso

Roger Pereira


Oitavo colocado com 46 pontos, com 1% de chances de subir para a primeira divisão e 0,6% de chances de ser rebaixado, o Londrina enfrenta o Boa Esporte, neste sábado, em Varginha para manter as esperanças, mesmo que matemáticas de acesso à série A e afastar qualquer risco, remoto, de rebaixamento. Um ponto em Minas Gerais garante o Tubarão na Série B do ano que vem. Uma vitória, ainda o mantém na briga pelo G-4, mesmo que dependendo de uma improvável combinação de resultados.
A rodada poderia ser excelente para o Londrina, com tropeços de Paraná e Ceará. Mas o resultado da última semana, quando foi derrotado pelo ABC por 3 a 0 pode custar muito caro. A 10 pontos do G-4, o Tubarão poderia ter uma diferença mais viável de se buscar nas últimas seis rodadas se não tivesse perdido para o lanterna da competição.
Para a partida desta tarde, o volante Bidía deve ser uma das novidades da equipe principal do Londrina Esporte Clube para o desafio deste sábado. “Estou muito feliz pela oportunidade em voltar. O Tencati me deu total confiança. Vou procurar dar o meu melhor”, destacou o jogador. “Nós nos preparamos bem durante a semana, fizemos bons treinos. Estamos confiantes com essa partida e temos certeza de que vamos fazer um grande jogo e desempenhar um grande futebol”, acredita.
“Sabemos que será um jogo difícil, complicado”, analisa Bidía. “A equipe do Boa tem bons resultados dentro de casa. Sabemos que [o acesso à Série A] ficou mais difícil, mas enquanto houver possibilidade vamos brigar até o final por isso. Dentro do futebol, tudo é possível”, completa.
Também está confirmado o retorno do zagueiro Édson Silva, que não pôde enfrentar o ABC devido ao acúmulo de três cartões amarelos. No entanto, o técnico Cláudio Tencati não vai poder contar com o zagueiro Sílvio – suspenso após ter recebido o terceiro amarelo. Já o atacante Wellisson apresentou uma distensão muscular na coxa esquerda esta semana e também não tem condições de jogo, vetado pelo Departamento Médico do clube.
O volante Jumar e o lateral-esquerdo Igor Miranda (lesão no joelho), o atacante William Henrique (lesão na coxa), além do volante Ícaro (lesão no púbis) seguem em tratamento no DM. O lateral-direito Raí Ramos e o atacante Ricardinho, que se recuperam de lesão na coxa, estão em fase de transição.
No Boa, o objetivo é único: vencer para escapar do rebaixamento. Décimo terceiro colocado com 39 pontos, a equipe mineira tem a mesma pontuação do Luverdense, o 17º, primeiro da zona de rebaixamento, com um agravante: enquanto a equipe mato-grossense ensaia uma arrancada na reta final do campeonato, o Boa vem em péssima fase, há quatro jogos sem vencer. Com três retornos, o técnico Nedo Xavier deve ter força máxima para escalar o Boa Esporte. O lateral-esquerdo Paulinho, o zagueiro Caíque e o atacante Wesley retornam de suspensão.

Boa Esporte x Londrina

Campeonato Brasileiro, Série B, 33ª rodada
Sábado, 04 de novembro de 2017
Estádio do Melão – Varginha – MG
Árbitro – Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes – Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
Boa Esporte
Fabrício; Ruan, Caíque, Douglas Assis e Paulinho; Escobar, Diones, Felipe Mateus, Thaciano e Casagrande; Rodolfo. Técnico: Nedo Xavier
Londrina-PR
Cesar; Lucas Ramon (Reginaldo), Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Germano, Bidía, Jardel, Artur e Negueba; Carlos Henrique. Técnico: Cláudio Tencati

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal