Londrina recebe proposta para vender mando de campo contra o Vasco

Proposta recebida pela diretoria do Londrina é para levar o jogo com o Vasco para o estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo

Pedro Melo - 23 de maio de 2022, 15:05

(Ricardo Chicarelli/Londrina EC)
(Ricardo Chicarelli/Londrina EC)

O Londrina EC recebeu uma proposta para vender o mando de campo da partida contra o Vasco para a cidade de Cariacica, no Espírito Santo. O jogo da 13ª rodada da Série B está marcado para o dia 17 de junho (sexta), às 21h, mas pode ter a data alterada caso haja a mudança de estádio.

O assunto será debatido pela diretoria londrinense nas próximas horas. O time paranaense tem até 10 dias antes do jogo (07 de junho) para definir o local da partida.

Em quatro jogos no estádio do Café, o Tubarão tem média de apenas 1.384 torcedores nas arquibancadas. É a terceira pior média de público da Série B, atrás somente de Novorizontino (1.355 pessoas) e Brusque (1.138).

LONDRINA EC NÃO SERIA O PRIMEIRO A VENDER MANDO DE CAMPO CONTRA O VASCO NA SÉRIE B

Caso a venda do mando de campo seja confirmada, o Londrina EC seria o segundo time a jogar longe de sua casa contra o Vasco. O Guarani levou o jogo contra os cariocas para a Arena da Amazônia, em Manaus, por conta de reforma do gramado no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. A partida terminou empatada em 1 a 1, mas teve a presença maciça de torcedores vascaínos nas arquibancadas.

A medida do Guarani gerou revolta de Bahia e Sport, que brigam pelas primeiras colocações da Série B com o Vasco. De acordo com as duas equipes, a mudança de local feriu o Regulamento Específico da Competição. 

"O clube que queira deslocar partidas para outras praças deverá, com 30 (trinta) dias de antecedência, demonstrar que, de maneira nenhuma, esta prática representa: (i) prejuízo ao equilíbrio técnico da competição; (ii) prevalência do interesse econômico particular do clube, em detrimento dos aspectos técnicos da competição; (iii) prejuízo da presença dos torcedores do clube mandante no estádio escolhido; (iv) privilégio de qualquer natureza em favor do clube adversário, como inversão ou comercialização do mando de campo; entre outros aspectos a serem avaliados pela DCO", diz trecho do regulamento.

Leia também:
Com gols de Terans, Athletico vence o Avaí na Arena
Esportes
Com gols de Terans, Athletico vence o Avaí na Arena

Vinicius Cordeiro

22 de maio de 2022, 20:57

Corinthians busca o empate com o São Paulo e mantém o tabu e a liderança
Esportes
Corinthians busca o empate com o São Paulo e mantém o tabu e a liderança

UOL/Folhapress

22 de maio de 2022, 19:11

« arraste para o lado »