Série B: Londrina bate Brusque por 2 a 1 e deixa a zona de rebaixamento

Douglas Coutinho, no primeiro tempo, e Caprini, na etapa final, anotaram os gols da equipe Celeste e encerraram jejum de cinco jogos sem vitória do Tubarão.

Rafael Nascimento - 14 de maio de 2022, 13:05

Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina EC
Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina EC

O Londrina venceu o Brusque por 2 a 1 no Estádio do Café, em Londrina, em partida válida pela 7ª rodada da Série B do Brasileiro. O resultado tirou o Tubarão da zona de rebaixamento da competição.

Douglas Coutinho, no primeiro tempo, e Caprini, na etapa final, anotaram os gols da equipe Celeste. Diego Jardel, de pênalti, fez o gol da equipe catarinense.

O goleiro Matheus Nogueira também teve grande atuação e defendeu um pênalti, ainda no primeiro tempo.

O resultado positivo também encerra uma sequência de cinco jogos da equipe sem vencer pela Série B. Com os três pontos, o Londrina assume a 12ª colocação, com oito pontos.

Já o Quadricolor segue sem vencer fora de casa e cai para a 14ª posição, com um ponto a menos.

O Tubarão volta a campo na quarta-feira (18), quando visita o lanterna CRB às 21h30, no Estádio Rei Pelé. Já o Brusque recebe a Tombense na próxima sexta-feira (20), no Augusto Bauer.


TUBARÃO É EFICIENTE NO PRIMEIRO TEMPO, SE SEGURA NO SEGUNDO E VOLTA A VENCER

Goleado por sonoros 4x0 na última rodada, o Londrina entrou em campo no Café pressionado. Entre estreias e atletas recuperados de lesão, o técnico Adilson Batista promoveu cinco mudanças na equipe, que deve duas boas chances antes dos 10 minutos, em chute de longa distância e cabeçada de Douglas Coutinho. Bem no jogo, o atacante ainda serviu Caprini, aos 15 minutos, que exigiu boa defesa de Ruan Carneiro em arremate de fora da área.

O lateral Felipe Vieira mostrou oportunismo e por muito pouco não fez um golaço aos 23, após saída errada com pés de Ruan Carneiro, mas a bola tirou tinta da trave do Brusque e não entrou.

O Tubarão balançou as redes aos 31, com Douglas Coutinho. O camisa 17 recebeu passe açucarado de Felipe Vieira e só teve o trabalho de empurrar ao gol: 1x0.

Mesmo com dificuldades na saída de jogo, o Quadricolor teve a chance do empate aos 44, após toque de João Paulo com a mão na bola. Mas o goleiro Matheus Nogueira, na cobrança de pênalti, se impôs diante de Alex Sandro e defendeu.

O Londrina seguiu capitalizando as melhores chances de gol na etapa final. Caprini e Gustavo Vilar por muito pouco não ampliaram o marcador. Só que em boa jogada individual Jailson foi tocado na área e o árbitro marcou mais um pênalti, aos 20. Dessa vez, Diego Jardel se incumbiu da cobrança e deixou tudo igual: 1x1.

O Tubarão não sentiu o gol de empate e seguiu imprimindo seu jogo acelerado. Aos 28, Caprini recebeu de Douglas Coutinho na intermediária e acertou um belo chute no canto direito, sem chances para o goleiro Ruan Carneiro: 2x1.

O Brusque dominou a reta final do jogo e chegou a carimbar a trave de Matheus Nogueira, mas o Londrina se segurou e fez as pazes com a vitória na Série B, deixando a zona de rebaixamento.