Ex-Atlético, Lucho González consegue acordo para ficar com os filhos

Francielly Azevedo


Após ser acusado de tentativa de homicídio pela mulher, Andreia da Silva Marques González, o ex-meia do Atlético-PR, Lucho González, chegou a um acordo com a esposa em relação à guarda dos filhos no Conselho Tutelar.

Desde a semana passada, quando o caso veio à tona, Lucho está proibido pela Justiça de se aproximar da esposa e das crianças (um menino de sete anos e uma menina de dois anos). Com o acordo com Andreia, o jogador poderá ficar com a guarda de um dos filhos pelo período de uma semana, em um esquema de revezamento.

Além disso, os passaportes das crianças ficarão sob poder da Justiça, para evitar que um dos pais fuja enquanto estiver com um dos filhos. Após o recesso judiciário, que tem início nesta quarta-feira (20), será definido quem terá a guarda permanente dos menores. Ambas as partes já solicitaram a guarda exclusiva.

O caso

Na última quinta-feira (14), a esposa de Lucho, Andreia da Silva Marques González, acusou o jogador argentino de tentativa de homicídio. O caso teria acontecido em Curitiba, no dia 8 de dezembro. A vítima afirmou que o meia tentou matá-la na frente dos filhos e cortou os pulsos dela. A esposa garante que recebeu empurrões e esganadura, tendo como sequelas um corte no braço esquerdo, hematomas nas pernas e dores na costela.

Andreia chegou a registrar queixa na polícia e declarou as autoridades que foi ameaçada de morte e agredida verbalmente pelo jogador. De acordo com o relato, o desentendimento teria ocorrido em função da posse dos passaportes de Lucho e dos filhos do casal (um menino de sete e uma menina de dois anos).

Após a denúncia, Andreia conseguiu uma medida protetiva de urgência, baseada na Lei Maria da Penha, impedindo a aproximação de Lucho a uma distância miníma de 500 metros, incluindo espaços públicos. Além disso, Lucho ficou proibido de chegar perto dos filhos.

O outro lado

Em resposta as acusações, Lucho garantiu que não agrediu a esposa, apenas tentou impedi-la de uma tentativa de suicídio. O meia disse que Andreia sofre de depressão e faz uso de medicamentos controlados.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.