Luisa Stefani vai à final em Miami e atinge melhor ranking de uma brasileira no tênis

Folhapress

Luisa Stefani nas duplas

A brasileira Luisa Stefani e sua dupla, Hayley Carter (dos Estados Unidos), venceram por 2 sets a 1 a Giuliana Olmos (do México) e Gabriela Dabrowski (Canadá) na noite desta sexta-feira (2), nas seminifinais de duplas do WTA de Miami.

Com a vitória, Stefani chegou pela primeira vez na carreira a uma final de Premier e ainda garante, pelo menos, a 26ª posição do ranking da WTA (Associação de Tênis Feminino) de duplas, o que a faz a melhor brasileira da história na lista.

Ela supera a melhor posição lendária Maria Esther Bueno (1939-2018), que entre torneios de duplas e simples, venceu 19 Grand Slams.

No entanto, o ranking da WTA só foi criado em 1975, após todos esses títulos e quando ela já tinha 36 anos. Bueno foi 29ª do mundo ainda no ano seguinte, em 1976.

Se Stefani vencer, conquista o seu primeiro título de Premier na carreira aos 23 anos e também alcança a 24ª posição do ranking mundial.

A final do WTA de Miami, que tem presença parcial de torcedores nas arquibancadas, está marcada para o próximo domingo (4). A dupla adversária na decisão é composta pelas japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara.

A tenista brasileira, natural de São Paulo, tem até aqui dois títulos na carreira, ambos junto com Carter em Tashkent (2019), e em Lexington (2000), ambos torneios da série 250.

Previous ArticleNext Article