Maconha causa rompimento da Argentina com a imprensa

A seleção argentina não fala mais com a imprensa do país. Irritados com as insinuações do jornalista Gabriel Anello, da ..

Redação - 16 de novembro de 2016, 10:16

A seleção argentina não fala mais com a imprensa do país. Irritados com as insinuações do jornalista Gabriel Anello, da Rádio Super Mitre Deportivo, de que o jogador Lavezzi teria fumado maconha dentro da concentração e este seria um dos motivos para que sequer fosse relacionado. O craque Messi tomou a frente dos protestos e fez um pronunciamento ao qual rompe com a imprensa. Ele foi o porta-voz do grupo e disse que os 26 convocados não falarão mais com jornalistas.

"Tomamos a decisão de não falar com a imprensa. A acusação sobre Lazezzi é muito grave. Recebemos muitas acusações, muita falta de respeito e nunca dissemos nada", disse Messi.

Lavezzi afirmou que irá processar o jornalista e durante o pronunciamento sobraram críticas à imprensa nacional.

"Preferimos estar todos aqui, sem esconder nada e com a cara a tapa. Não vamos entrar nesse jogo (falando com a imprensa). Não nos pronunciaremos mais, já disse o suficiente", concluiu.

maconha33