Magnus Carlsen não defenderá título mundial de xadrez

Desmotivado, o campeão mundial de xadrez desde 2013 abriu mão do título, que será disputado entre o russo Ian Nepomniachtchi e o chinês Ding Liren

Redação - 20 de julho de 2022, 17:45

Reprodução/Vimeo
Reprodução/Vimeo

O enxadrista norueguês Magnus Carlsen, de 31 anos, anunciou que não defenderá o título mundial em 2023. Número 1 do xadrez desde 2013, ele defenderia o título no ano que vem novamente contra o russo Ian Nepomniachtchi, que venceu o Torneio de Candidatos no início do mês.

Carlsen se pronunciou sobre o assunto na estreia de seu podcast, o The Magnus Effect. "Não estou motivado para jogar outra partida. Não tenho muito a ganhar", disse o Grande Mestre norueguês.

"Não gosto muito disso, e embora tenha certeza de que seria uma partida interessante por razões históricas, não tenho nenhuma inclinação para jogar e simplesmente não jogarei o campeonato", concluiu.

Dessa forma, pelas regras da FIDE (Federação Internacional de Xadrez), o título mundial de 2023 será disputado entre o GM Nepomniachtchi e o Grande Mestre chinês Ding Liren, vice-camepeão do Torneio de Candidatos.