Manchester City e Liverpool empatam em jogo eletrizante na Premier League

Manchester City e Liverpool empataram em 2 a 2 e mantiveram em aberto a disputa pelo título da temporada 2021/2022 da Premier League

Pedro Melo - 10 de abril de 2022, 14:23

(Reprodução/Twitter/Premier League)
(Reprodução/Twitter/Premier League)

Manchester City e Liverpool empataram em 2 a 2 em uma das grandes partidas da temporada europeia e mantiveram em aberto a disputa pelo título da Premier League. Jogando em casa, os Citizens ficaram duas vezes a frente do placar, com gols de De Bruyne e Gabriel Jesus. Porém, os Reds mostraram poder de reação e empataram com Diogo Jota e Mané.

O resultado foi melhor para a equipe comandada por Pep Guardiola. O Manchester City segue líder da Premier League, com 74 pontos, um a mais que o próprio Liverpool. A vantagem é que os Citizens terminaram o confronto direto a frente do rival e não enfrentam nenhum time do G4 nas últimas rodadas.

Após o empate eletrizante, os dois times focam novamente na disputa das quartas de final da Champions League. O Manchester City venceu o Atlético de Madrid por 1 a 0 e precisa de um empate para se classificar. Já o Liverpool ganhou do Benfica por 3 a 1 e pode até perder em casa por um gol de diferença. As duas partidas acontecem na próxima quarta-feira (13).

MANCHESTER CITY FICA DUAS VEZES A FRENTE DO MARCADOR, MAS LIVERPOOL REAGE E JOGO TERMINA EMPATADO

Os dois times justificaram o motivo de serem os postulantes ao título da Premier League e fizeram um primeiro tempo emocionante. Logo aos seis minutos, o Manchester City abriu o placar com De Bruyne. O belga recebeu rápida cobrança de falta, passou por Henderson e chutou da entrada da área. A bola desviou em Matip e tirou o goleiro Alisson da jogada.

O Liverpool não se abalou com o gol e empate rapidamente aos 12. Robertson inverteu a jogada para Alexsander-Arnold, que chegou na linha de fundo e tocou para o meio. Diogo Jota recebeu livre na entrada da pequena área e chutou cruzado para deixar tudo igual.

Ambas as equipes tiveram a chance de marcar, mas foi o Manchester City quem conseguiu marcar o segundo ainda na etapa inicial. Aos 38 minutos, Gabriel Jesus recebeu passe nas costas da defesa, ficou cara a cara com Alisson e tirou do goleiro. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro: de maneira eletrizante. Em desvantagem, o Liverpool começou no ataque e empatou a partida novamente aos dois minutos. Salah saiu de três marcadores e fez belo passe para Mané, que dominou na área e chutou na saída de Ederson.

O novo empate deu moral para os Reds, que quase viraram a partida aos seis minutos. Salah recebeu passe e tocou para Diogo Jota, que estava entre os zagueiros do Manchester City. O atacante português finalizou de carrinho e Ederson salvou.

Os Citizens equilibraram novamente a partida e chegaram a marcar o terceiro gol aos 18 minutos. Sterling chutou rasteiro na saída de Alisson, mas o lance foi anulado após rápida revisão no vídeo. Já o Liverpool quase marcou aos 23, mas Laporte fez um desvio providencial na batida de Salah.

Nos minutos finais, Pep Guardiola e Jürgen Klopp até fizeram mudanças nos ataques. E foi um jogador que saiu do banco que quase fez o terceiro do Manchester City. Aos 44 minutos, Mahrez cobrou falta com categoria e a bola raspou na trave. Nos acréscimos, o argelino deu um toque por cobertura na saída de Alisson, mas mandou por cima.

FICHA TÉCNICA - MANCHESTER CITY 2X2 LIVERPOOL

Data, horário e local: domingo (10), às 12h30 (horário de Brasília), no Etihad Stadium, em Manchester (ING).

Manchester City: Ederson; Walker, Laporte, Stones e João Cancelo; Rodrigo, De Bruyne e Bernardo Silva; Gabriel Jesus (Grealish), Phil Foden e Sterling (Mahrez). Técnico: Pep Guardiola.

Liverpool: Alisson, Alexander-Arnold, Matip, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson (Keita) e Thiago; Salah, Mané (Roberto Firmino) e Diogo Jota (Luis Díaz). Técnico: Jürgen Klopp.

Gols: De Bruyne (MCI), aos 6' do primeiro tempo, Diogo Jota (LIV), aos 12' do primeiro tempo, Gabriel Jesus (MCI), aos 38' do segundo tempo, e Mané (LIV), aos 2' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Robertson, Thiago, Fabinho e Van Dijk (LIV); Bernardo Silva (MCI).