Manchester United vence Burnley e cola na zona de Champions League

Jorge de Sousa

Martial - Manchester United - Burnley - Premier League - Champions League

O Manchester United venceu o Brighton por 2 a 0, neste sábado (28), pela Premier League em resultado que colocou na zona de classificação para a Uefa Champions League. O gol da vitória foi marcado pelo francês Martial, em boa jogada do brasileiro Andreas Pereira, com o inglês Rashford ampliando o placar no último minuto.

A 20ª rodada da Premier League fica espremida entre os jogos do Boxing Day e do Ano Novo, tendo assim diversos times poupando titulares nesse final de semana.

TABELA DA PREMIER LEAGUE

Com o resultado, o Manchester United chegou aos 31 pontos e assumiu a 5ª posição da tabela. Caso o Chelsea não vença o Arsenal no clássico londrino deste domingo )29), os Red Devils vão terminar a rodada apenas um ponto abaixo da zona da Champions League.

Mas dois times ainda podem ultrapassar o Manchester United nessa rodada. O Wolverhampton e o Sheffield United. Mas para a sorte do United, os Lobos encaram o líder Liverpool, enquanto o Sheffield enfrenta o terceiro colocado Manchester City.

Já o Burnley fica com 24 pontos e vai ficar estacionado na 13ª posição, apenas quatro pontos acima do Watford, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

MARTIAL MARCA GOL SALVADOR

Martial marcou o gol da vitória em boa jogada do brasileiro Andreas Pereira. Foto: Twitter Premier League

Mesmo com maior posse de bola, o United tinha dificuldade para finalizar com perigo a meta do goleiro Pope. Mas aos 44 minutos do primeiro tempo, o lateral Charlie Taylor errou ao tentar proteger uma bola na lateral e Andreas Pereira conseguiu a roubada.

O meia então lançou Martial de primeira na pequena área e o atacante francês bateu firme à direita de Pope para balançar as redes.

O Burnley teve mais posse de bola no segundo tempo, mas pouco ameaçou o goleiro de Gea. A única oportunidade clara foi em um chute de longa distância de Phil Bardsley, que o arqueiro espanhol se esticou para defender com o braço.

O castigo veio aos 49 do segundo tempo, quando em contra-ataque mortal, Rashford foi lançado por Daniel Jones, fintou Pope e finalizou rasteiro para confirmar a importante vitória do United.

Previous ArticleNext Article