Mano Menezes é demitido pelo Bahia após caso de racismo contra Gerson

Jorge de Sousa

Mano Menezes é demitido pelo Bahia após caso de racismo contra Gerson

O Bahia anunciou na noite deste domingo (20), a demissão do técnico Mano Menezes, após o volante do Flamengo Gerson acusar o treinador e o meia Indio Ramírez de racismo.

O lance ocorreu no segundo tempo da partida entre Flamengo e Bahia, realizada na tarde deste domingo. Gerson apontou que Ramírez disse “cala a boca, negro”, após uma discussão entre os atletas.

Durante a discussão, Mano Menezes reclamou da postura de Gerson e usou os termos “agora virou malandragem” e “com o Daniel Alves (jogador do São Paulo), que engoliu ele, ele não discutiu”, ignorando a denúncia de racismo feita pelo volante do Flamengo.

Na mesma nota que comunicou a demissão do técnico, o Bahia informou que em breve irá emitir comunicado sobre a punição ao atleta Indio Ramírez, após finalizar investigação interna sobre o caso.

Já Mano Menezes postou uma nota de posicionamento no Twitter e apontou que “condena qualquer ato racismo e reitera que a violência contra quem comete não é caminho para solucionar a questão. E apoia qualquer avaliação e julgamento justo para que o futebol seja sempre referência positiva na nossa sociedade. Crescemos juntos”.

Após a derrota por 4 a 3 contra o Flamengo, o Bahia seguiu na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro, mesma pontuação do Vasco da Gama, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

LEIA MAIS: Giba tem prisão decretada por dívida na pensão alimentícia dos filhos

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="735367" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]