Marcelo revela que tem expectativa de investir em grande clube brasileiro

Marcelo, do Real Madrid, está preparando o lançamento de sua holding DOZE - número que usou desde o seu primeiro dia no ..

Folhapress - 27 de dezembro de 2021, 16:54

Real Madrid, site oficial
Real Madrid, site oficial

Marcelo, do Real Madrid, está preparando o lançamento de sua holding DOZE - número que usou desde o seu primeiro dia no clube merengue - com o intuito de investir no mercado de clubes de futebol.

O lateral de 33 anos já adquiriu dois clubes: o Azuriz, que disputa o Campeonato Paranaense, e o Mafra, clube da segunda liga do Campeonato Português.

Em entrevista à TNT Sports, o defensor disse que a ideia com esses clubes é traçar um elo entre eles, formando atletas na Azuriz e utilizar o Mafra como uma vitrine para esses jogadores na Europa.

Além disso, o camisa 12 ressaltou que a ideia para o segundo semestre de 2022 é adquirir um clube europeu 'flagship', carro-chefe, com uma torcida grande e de tradição.

"Nossa ideia é que esse novo clube seja complementar aos que já possuímos, de maneira que um jogador formado no Azuriz e adquirido pelo Mafra, depois possa ser comprado por esse clube flagship", disse Marcelo.

Apesar do foco estar na Europa, Marcelo não descartou comprar um clube no futebol brasileiro - como Ronaldo Fenômeno fez com o Cruzeiro recentemente.

O jogador do Real revelou que tem essa expectativa, e com a criação do modelo de SAF (Sociedade Anônima do Futebol) no país, os clubes vão se estruturar melhor e ter uma gestão mais eficiente.

"Essa é a nossa expectativa . Com a SAF os investidores começaram a enxergar o mercado de futebol brasileiro de uma outra maneira. Esse modelo permite que os clubes se estruturem melhor e passem a ter uma gestão eficiente, transparente e profissional. Assim como já acontece no futebol europeu, vamos poder trabalhar com os clubes brasileiros através de uma abordagem empresarial", afirmou.

"A nossa visão e interesse nos clubes de massa do Brasil estão justamente relacionados a tradição e a torcida que carregam. Uma torcida engajada, com uma história forte é uma excelente oportunidade para um bom trabalho de marca. Com isso é possível fortalecer a percepção da marca, além de aumentar o valor de mercado da instituição", concluiu.

LEIA MAIS: CBF divulga regulamento e calendário da Copa do Brasil de 2022