Mario Celso Petraglia, presidente do Athletico, testa positivo para a Covid-19

O presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, testou positivo para a Covid-19. O mandatário está com poucos sintomas..

Redação - 27 de maio de 2021, 17:19

PR - FUTEBOL/ATLETICO-PR/ESCUDO - ESPORTES -    Presidente do Conselho Deliberativo Mario Celso Petraglia - do Atlético Paranaense na apresentação da nova identidade visual, incluindo escudo e uniformes nesta terça-feira (11), na Arena da Baixada em Curitiba (PR). A equipe enfrenta o Junior Barranquilla na final da  Copa Sul-Americana nesta quarta-feira. Foto: Geraldo Bubniak/AGB
PR - FUTEBOL/ATLETICO-PR/ESCUDO - ESPORTES - Presidente do Conselho Deliberativo Mario Celso Petraglia - do Atlético Paranaense na apresentação da nova identidade visual, incluindo escudo e uniformes nesta terça-feira (11), na Arena da Baixada em Curitiba (PR). A equipe enfrenta o Junior Barranquilla na final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

O presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, testou positivo para a Covid-19. O mandatário está com poucos sintomas e em casa cumprindo o período de isolamento social. As informações foram reveladas pelo UmDois Esportes.

Petraglia já tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19 - a primeira dose foi em 16 de março e a segunda em 06 de abril. Nas últimas semanas, o dirigente de 77 anos retornou às atividades na Arena da Baixada e esperava acompanhar direto do estádio a partida da noite desta quinta-feira (28).

(Geraldo Bubniak/AGB)

O diagnóstico para o coronavírus aconteceu justamente nos testes para a partida do Athletico contra o Aucas, pela Sul-Americana. Existe a chance do teste ser "falso positivo", mas Petraglia está sendo observado pelos médicos. Ele assistirá de casa a partida que pode colocar o Furacão nas oitavas de final.

PETRAGLIA APROVA VACINAÇÃO PARA OS CLUBES 

Quando a Conmebol anunciou a distribuição de 50 mil doses de vacinas contra a Covid-19, que veio por doação da China, Mario Celso Petraglia aprovou a vacinação para jogadores, membros das comissões técnicas e dirigentes. Apesar disso, o Athletico ainda não vacinou os seus funcionários.

A lei brasileira determina que todas as vacinas recebidas devem ser doadas para o Sistema Único de Saúde (SUS) e usadas no Programa Nacional de Imunização. Por isso, apenas Atlético-GO e Atlético-MG vacinaram seus funcionários. A vacinação aconteceu quando os dois clubes jogaram no Paraguai - o Athletico viajou para Equador, Venezuela e Peru na fase de grupos da Sul-Americana.