Marta é confirmada como titular contra a Itália e rebate ex-técnica: “já esperava isso dela”

Vinicius Cordeiro

Marta

Marta será titular da seleção brasileira contra a Itália, na partida decisiva pela última rodada do Grupo C na Copa do Mundo Feminina 2019. O duelo está marcado para essa terça-feira (17), às 16h. As italianas lideram a chave com seis pontos, enquanto as brasileiras têm os mesmos três pontos que a Austrália. Em último lugar, a Jamaica não somou nenhum ponto até agora.

Eleita a melhor jogadora do mundo por seis vezes, Marta ainda não em plenas condições físicas por causa de uma lesão muscular sofrida duas semanas antes do Mundial disputado na França.

Ela ficou de fora da estreia, quando a seleção bateu a Jamaica por 3 a 0, e atuou nos 45 minutos iniciais da derrota por 3 a 2, de virada, para a Austrália. A expectativa é que ela dispute alguns minutos do segundo tempo antes de ser substituída.

O desfalque certo para o técnico Vadão é a meia Formiga. Aos 41 anos, a atleta mais experiente da seleção está suspensa pelos dois cartões amarelos já recebidos no torneio e será substituída por Andressinha. Com isso, a provável escalação do Brasil será: Barbará; Letícia, Kathellen, Mônica e Tamires; Thaísa, Andressinha, Andressa Alves e Marta; Debinha e Cristiane.

POLÊMICA

Marta aproveitou a entrevista coletiva para rebater a declaração de Emily Lima, ex-técnica da seleção brasileira e atual comandante do time feminino do Santos. Em entrevista ao Uol, Lima falou que não teria levado Marta para a Copa do Mundo se ela não estivesse 100%.

“Quero acreditar que ela foi convocada 100% para estar na Copa do Mundo. Se ela foi convocada já com algum tipo de lesão, só para estar no grupo, eu não vejo isso positivo. Essa é a minha opinião”, disse Emily.

“Foi uma declaração sem conhecimento nenhum. Sem dúvida alguma não estava acompanhando o meu trabalho no meu time. O Orlando Pride fez seis jogos antes da liberação para as seleções. Joguei todos os 90 minutos. Foi uma declaração sem conhecimento. Mas já esperava isso dela, pois sempre que tem a oportunidade ataca no sentindo de desmerecer um trabalho que a gente procura fazer com respeito”, rebateu a camisa 10.

Previous ArticleNext Article