Matheus Costa diz que desavença com Lisca está superada: “Bola pra frente”

Vinicius Cordeiro

matheus costa lisca operário vasco série b paraná clube

A vitória do Operário sobre o Vasco pela 20ª rodada da Série B também ficou marcada pelo reencontro entre os técnicos Matheus Costa e Lisca.

Os dois foram protagonistas em uma confusão quando ambos trabalhavam no Paraná Clube, em 2017. Lisca foi acusado de agredir o então auxiliar, o que resultou em sua demissão. Costa assumiu o trabalho e conquistou o acesso à Série A com o Tricolor da Vila Capanema naquele ano.

O atual treinador do Vasco sempre negou qualquer agressão, o que nunca foi desmentido pelo comandante do Fantasma.

Ainda sem detalhar o que ocorreu, Matheus Costa tratou de colocar um ponto final na questão. Segundo ele, o episódio já foi apagado há muito tempo e quis deixar isso claro, apesar dos dois terem se encontrados em confrontos desde então.

Eu tive a oportunidade de encontrar ele e fui falar para realmente terminar de vez com todas essas situações. Bola para frente, para mim já foi apagado”, comentou Matheus Costa na entrevista após o jogo.

O treinador do Operário ainda disse que divergências são normais dentro dos ambientes profissionais e que torce pelo colega de profissão.

“Dentro dos nossos trabalhos, em algum momento tivemos desavenças. No futebol também tem, faz parte. O Lisca é um excelente treinador, desejo todo o sucesso do mundo e que ele consiga dar sequência no trabalho no Vasco. Se criou muita história após isso. Eu nunca comentei nada, nem de forma positiva e nem negativa. Eu procuro focar no meu trabalho e minimizar qualquer notícia que possa gerar energia negativa para mim“, finalizou sobre o assunto.

OPERÁRIO COLA NO G4 DA SÉRIE B: “PONTOS FUNDAMENTAIS”, DIZ MATHEUS COSTA

Com mais um triunfo, o Operário encostou na briga por uma vaga que dá o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. O técnico Matheus Costa celebrou a solidez defensiva durante a sequência invicta de cinco jogos (três vitórias e dois empates) e ressaltou que a equipe sofre com o desgaste físico com a maratona de jogos.

“Muito feliz pela importante vitória. Três pontos fundamentais para aquilo que a gente almeja. Os números passam muito pelos nossos méritos defensivos. Quando você faz um gol, conquista o placar, e tem outra partida duríssima daqui três dias, procura mais controlar os espaços”, avaliou.

Com 32 pontos e provisoriamente na quinta posição, o Fantasma se prepara para encarar o Guarani. O jogo está marcado para a próxima terça-feira (24), às 19h, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="784945" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]