Maurílio Silva valoriza vitória do Paraná e mira G4 do Paranaense

Pedro Melo

Maurílio-paraná-clube-paranaense

O técnico Maurílio Silva valorizou a vitória do Paraná Clube contra o Cascavel CR. Apesar de não ter uma boa atuação durante os 90 minutos, o Tricolor ganhou do lanterna do Campeonato Paranaense por 2 a 1 e praticamente garantiu vaga nas quartas de final.

“O impacto é a vitória. Hoje nós frisamos a evolução da equipe, o trabalho. Fizemos um bom jogo contra o Athletico, mas não conseguimos resultado. Hoje não fizemos um bom jogo tecnicamente, mas a equipe se superou e conseguiu o resultado positivo. A evolução vem sendo bem grande, tivemos 15 finalizações e mais de dez escanteios. Claro que também erramos e levamos um gol de fora da área. A equipe está de parabéns, temos que valorizar a vitória e a luta dos atletas”, ressaltou o treinador, em entrevista à rádio Banda B.

Depois de sair na frente no primeiro tempo, o Paraná voltou ‘desligado’ para a etapa final e só ‘acordou’ quando sofreu o gol de empate. Mesmo com a queda de rendimento, Maurílio destacou que desta vez os erros não resultaram em derrota. “A gente tenta conversar com os atletas no início do jogo e no intervalo para entrar ligado. Todo time tem erros, o Paraná tem erros, mas antigamente os erros estavam acontecendo e tomávamos o gol. O time cresce, se supera, e quando os erros acontecem, temos jogadores para bloquear”, disse.

Outra situação que o comandante pretende melhorar é a finalização. “Muito difícil a gente entrar na mente do atleta. Em um jogo tão importante como esse, o lado mental foi o que mais pesou. Nós fomos infelizes em algumas situações de finalizações e saídas de jogo. Tivemos inúmeras chances de virar, mas nossa equipe não feliz. Vamos trabalhar esse lado da finalização para melhorar”, comentou.

De olho no G4

Provisoriamente na terceira colocação do estadual, com 14 pontos, o Paraná terá duas rodadas para atingir o primeiro objetivo: terminar entre os quatro primeiros. Se acabar no G4, o Tricolor jogará a segunda partida das quartas de final da Vila Capanema.

Mas para isso, a equipe paranista precisará ter um bom desempenho com duas partidas em 48 horas. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) homologou a partida contra o Azuriz para a próxima quarta-feira (11) e a tendência é marcar a última rodada diante do Operário já na sexta-feira (13).

Com o calendário muito apertado, Maurílio entende a decisão da FPF e quer trabalhar para ter vantagem nas quartas de final. “Com relação à Federação, hoje não podemos argumentar porque a tabela vem sendo feita para acabar o campeonato na data limite. Todos os clubes vão ser prejudicados em relação à descanso e vamos ter que superar essa dificuldade. O Paraná já superou com 15 dias treinando online e precisamos recuperar dentro dos jogos. Vamos trabalhar forte para ficar entre os quatro para jogar dentro de casa”, opinou.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="762876" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]