Medina avança à semifinal na França e vira líder do Mundial de Surfe

Folhapress


O Mundial de Surfe tem um novo líder. Na manhã desta sexta-feira (12), Gabriel Medina avançou à semifinal da etapa da França e obteve a camiseta amarela a duas provas do fim da temporada. O brasileiro bateu o havaiano Sebastian Zietz em duelo equilibrado (12.44 x 10.73) e superou o compatriota Filipe Toledo, eliminado no terceiro round no balneário de Hossegor.

Com no mínimo o terceiro lugar garantido na antepenúltima etapa do circuito neste ano, Medina chegou aos 51.770 pontos acumulados na WSL (World Surf League) contra os 51.450 de Filipinho.

A disputa direta entre brasileiros se tornou favorável a Medina desde o início da etapa na França. O até então líder Filipe Toledo caiu de maneira precoce para o australiano Ryan Callinan, que seguiu surpreendendo e obteve um lugar entre os quatro melhores surfistas nas ondas francesas.

Na semifinal e ainda em busca do terceiro título de etapa consecutivo em 2018, Gabriel Medina vai encarar o rival australiano Julian Wilson, terceiro colocado no ranking, por um lugar na final.

Campeão mundial em 2014, o surfista do litoral de São Paulo busca o quarto troféu da carreira em Hossegor, o segundo seguido. Vencer a etapa na França deixará Medina em situação extremamente favorável na busca pelo bi.

Do outro lado da chave, Callinan, algoz de Filipinho, enfrenta o estadunidense Conner Coffin.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="562031" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]