Mesmo com efeito suspensivo, Furacão coloca reservas contra o Tubarão

Redação


O Rubro-Negro conseguiu um efeito suspensivo para o goleiro Weverton e o atacante Douglas Coutinho, que levaram gancho de oito e nove jogos respectivamente pela briga na Vila Capanema há duas semanas, mas o técnico Paulo Autuori, que cumpre suspensão e não vai dirigir a equipe neste domingo, contra o Londrina, no interior do estado, confirmou o time reserva para a partida. Mesmo com a decisão do TJD-PR, eles devem ficar à disposição somente no caso do clube passar à final do Estadual.  Com a vantagem da vitória por 2 a 1 no jogo de ida, o Furacão se garante com um empate.

Paulo Autuori disse a opção por um time alternativo é a maneira de se fazer jus ao que “a garotada” fez durante a competição. “Eles classificaram a equipe, vêm fazendo um bom trabalho e contamos com esse apoio que a torcida vem nos dando, eles merecem”, comentou.

Além disso, a entrada dos reservas seria uma forma de “repúdio” às atitudes que Londrina e Federação Paranaense de Futebol tomaram na última semana ao negarem um pedido de antecipação da partida para que o Atlético tivesse mais tempo para se preparar para a partida de quarta-feira, contra o Flamengo, pela Libertadores.

No Londrina, o atacante Brandão disse que o time está preparado para reverter a vantagem. “Queremos reverter essa vantagem, estamos nos preparando bem e queremos dar essa resposta em campo”, comentou.

 

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="426539" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]