Mesmo com segundo tempo eletrizante, Atlético-PR e São Paulo não saem do 0 a 0

Roger Pereira

Um time que não venceu nenhuma partida fora de casa visitando outro que estava há cinco partidas sem vitória. E as duas equipes mantiveram o tabu. Atlético-PR e São Paulo ficaram no zero a zero no Morumbi e não romperam a marca negativa, num jogo em que não faltaram chances de gol, principalmente no segundo tempo.

A primeira meia hora de jogo foi de domínio do São Paulo, mas com apenas uma finalização ao gol. Com o Atlético repetindo erros de saída de bola dos tempos de Fernando Diniz, o time paulista quase aproveitou um desses vacilos para abrir o placar. Aos 20 minutos, Renan Lodi errou o passe para Léo Pereira, e bola sobrou limpar para Gonzalo Carneiro, que ainda aplicou uma meia-lua em Paulo André para invadir a área e chegar à linha de fundo, cruzando para Diego Souza, que, dentro da pequena área, cabeceou no travessão.

No final da primeira etapa, o Atlético equilibrou o jogo, teve mais posse de bola e criou boas jogadas, mas, também, sem conseguir finalizar com perigo ao gol de Jean

O segundo tempo foi muito melhor. As duas equipes alternaram chances reais de gol, embora o zero não tenha saído do placar. O Atlético começou assustando com Pablo, de cabeça aos 5 minutos. Também de cabeça, Bruno Alves respondeu aos 8’, à queima-roupa de Santos que conseguiu salvar.


Aos 22’ o Atlético voltou a chegar com perigo, em cruzamento de Renan Lodi, que Marcelo Cirino desviou para fora. O São Pulo mexeu, colocando Liziero, Nenê e Tréllez no jogo, e melhorou bastante, ficando mais perto do gol, mas deixando o campo aberto para os contra-ataques atleticanos. Aos 27’, Santos quase entregou o ouro. Errou a saída de bola com os pés e deu de graça para Rojas, mas acabou defendendo o chute do são-paulino. O Atlético respondeu no minuto seguinte, com Pablo cabeceando na trave o cruzamento de Lodi.

O São Paulo voltou a certar a trave com Nenê, aos 33’. Depois, teve boma chance com Tréllez, que Santos defendeu. E as duas equipes ainda tiveram chance de marcar nos acréscimos. Aos 47’, Santos fez grande defesa em cabeçada de Rojas. No minuto seguinte, o Atlético encaixou um contra-ataque em quatro contra três. Marcinho fez grande passe para Pablo, que tabelou com Lodi e finalizou, mas Jean evitou o gol paranaense.

Com o empate, o Atlético se mantém na oitava posição, agora com 40 pontos, e não pode ser ultrapassado na rodada de domingo. O São Paulo é o 4º, com 53 pontos e também não perde a posição com a conclusão da rodada.

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal