Mesmo fora de casa, Palmeiras sai na frente do América-MG

O Palmeiras contou com participação importante de dois dos seus atletas mais contestados para estrear com vitória por 2 ..

Folhapress - 09 de maio de 2018, 22:10

Fotos: Cesar Greco
Fotos: Cesar Greco

O Palmeiras contou com participação importante de dois dos seus atletas mais contestados para estrear com vitória por 2 a 1 na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o América-MG, no Independência.

O centroavante Borja marcou um gol e deu uma assistência. Lucas Lima, outro dos contestados, também foi decisivo e serviu o colombiano no primeiro gol alviverde.

Apesar dos compromissos por Libertadores e Campeonato Brasileiro, o técnico palmeirense Roger Machado decidiu não poupar o grupo para o primeiro jogo pela Copa do Brasil. Mas a escalação de Lucas Lima e Borja era incerta.

O meia vem perdendo minutos dentro do time nas últimas partidas, e o centroavante havia ficado apenas no banco de reservas na última partida, a vitória por 3 a 1 diante do Atlético-PR, pelo Brasileiro. Nesta quarta, ambos foram determinantes para a vitória da equipe.

O América-MG ameaçou pouco no primeiro tempo, apostando em chutes de média e longa distância que não levaram perigo ao gol de Jailson. Mas o Palmeiras também não fazia grande partida até abrir o placar. Até que Lucas Lima recebeu próximo à linha lateral pela esquerda e cruzou aberto, com perfeição, tirando o lançamento do alcance da defesa mineira para Borja marcar, aos 37.

A etapa final começou de forma parecida com os primeiros 45 minutos. O América-MG teve a bola, mas não ofereceu riscos ao Palmeiras, que aproveitou para ampliar em lance de transição rápida da defesa para o ataque.

Keno acionou Borja, que correu por trás da zaga para receber. O colombiano viu o companheiro entrando na área e, com passe rasteiro, devolveu para Keno na cara do gol, que finalizou na saída de João Ricardo para marcar o segundo, aos 11.

O Palmeiras administrava tranquilamente o jogo até um erro na saída de bola recolocar os mineiros na partida. Jailson bateu tiro de meta curto para Antônio Carlos, o zagueiro se enrolou e, na tentativa de proteger a bola, acabou perdendo para Aylon. O jogador do América-MG invadiu a área e serviu Serginho, que diminuiu.

Ao contrário da maioria da partida em que teve pouco trabalho, Jailson precisou ser acionado no fim do jogo para evitar o empate dos donos da casa, defendendo cabeçada de Aylon para manter o 2 a 1 no placar.

Palmeiras e América-MG voltam a se encontrar pela Copa do Brasil no próximo dia 23, em São Paulo, no Allianz Parque. O time paulista jogará pelo empate.