Messi doa camisas autografadas à fabricante de vacinas

Redação

O craque argentino deu três camisetas autografadas à farmacêutica que fabrica a vacina Sinovac, ao saber que seus dirigentes eram seus fãs
Messi doa camisas autografas à Sinovac, fabricante de vacinas

O capitão da seleção argentina, Lionel Messi, entregou três camisas autografadas do Barcelona aos diretores da farmacêutica chinesa que anunciaram a doação de 50 mil doses da vacina Sinovac à Conmebol. A doação foi conforme revelado nesta quarta-feira (14) por Gonzalo Belloso, secretário-Geral Adjunto e Diretor de Futebol da Confederação Sul-Americana em sua conta no Twitter. As informações foram divulgadas pela agência argentina Télam.

“Messi também faz parte dessa conquista”, publicou Belloso em mensagem em sua conta na rede social ao se referir à doação de 50 mil vacinas Sinovac para a Conmebol. A entidade pretende aplicadas as vacinas nos jogadores que disputarão a Copa América. Além deles, também serão utilizadas nos jogadores que participam de competições de clubes, como a Libertadores e a Sul-americana.

O jogador do Barcelona, ​​ao saber que os dirigentes da farmacêutica chinesa são seus admiradores, decidiu doar três camisas autografadas, segundo destacou o jornal catalão Mundo Deportivo.

 

Desentendimentos de Messi com Conmebol

O jornal espanhol classificou a atitude como  “um gesto muito bom de Messi com a Conmebol”, organização com a qual tinha desentendimentos nos últimos anos. Além disso, na última Copa América no Brasil, em 2019, indignado com algumas decisões arbitrais, Messi deu uma mensagem muito dura ao afirmar: “Não temos que fazer parte desta corrupção.”

A notícia da doação à Conmebol de 50 mil doses de vacinas Sinovac foi divulgada nesta terça-feira. 

O presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez, além de agradecer à farmacêutica, fez um agradecimento ao presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, a outros integrantes do governo uruguaio (inclusive o embaixador na China, Fernando Lugris) e ao presidente da Associação de Futebol do Uruguai, Ignacio Alonso. O país tem contrato com a fabricante e está imunizando sua população com a Coronavac.

 

Leia também: Conmebol receberá 50 mil doses da Coronavac e quer imunizar jogadores

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="757517" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]