Mike Tyson deve subir ao ringue “em breve”, diz treinador brasileiro

Angelo Sfair

mike tyson, rafael cordeiro, mma, boxe, luta de exibição, treinos, treinamento, preparação física

Aos 53 anos, o ex-pugilista Mike Tyson está cada vez mais próximo de voltar aos ringues. O ex-campeão mundial de boxe dos pesos pesados completou três semanas de treinos com o mestre brasileiro Rafael Cordeiro.

Em tempos de pandemia do coronavírus, o ex-atleta anunciou em uma transmissão ao vivo o desejo de fazer uma luta de exibição. O objetivo é arrecadar fundos para ajudar dependentes químicos e pessoas em situação de rua.

Mike Tyson surpreendeu o mundo dos esportes ao divulgar um vídeo em que aparece treinado com o mestre Rafael Cordeiro. Apesar do trecho curto, foi o suficiente para notar a força e velocidade do ex-pugilista.

“Já são três semanas treinando forte para na sequência fazer uma luta de exibição”, diz Rafael Cordeiro, sem revelar os detalhes, que são mantidos em sigilo.

“Não sabemos ainda contra quem, mas provavelmente veremos a fera de volta em breve”.

FORÇA E VELOCIDADE DE MIKE TYSON SURPREENDEM

O mestre Rafael Cordeiro garante que Mike Tyson ainda tem muita força. Como parceiro de treino e alvo de muitos socos, ele fala com propriedade. No entanto, o que mais impressiona é a velocidade.

O curitibano é o treinador que aparece como sparring em todos os vídeos divulgados pelo ex-campeão dos pesos pesados até o momento. O mais recente foi divulgado na segunda-feira (11).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mike Tyson (@miketyson) em

Ele bate muito forte. É uma pancada que a as pessoas não têm noção [da força]”, comenta o treinador brasileiro.

“Ou têm!”, diz, aos risos. “Porque pelo vídeo dá pra ver. Ele é diferente, é muito rápido”.

AMIZADE DE LONGA DATA

Rafael Cordeiro e Mike Tyson se conhecem há cerca de oito anos e participaram juntos da gravação de um filme com Jean-Claude Van Damme na Tailândia (Kickboxer: Retaliation).

Como atleta, o curitibano foi tricampeão brasileiro de muay thai e ganhou o cinturão do Internacional Vale Tudo Championship, que marcou época nos anos 90.

O treinador mantém há uma década a academia Kings MMA, com sede na Califórnia. O mestre já formou dois campeões do UFC: Fabrício Werdum e Rafael dos Anjos.

Antes de iniciar os treinos com Mike Tyson, Rafael Cordeiro já havia treinado outras lendas dos esportes de combate, como os conterrâneos Wanderlei Silva e Maurício Shogun.

*Com informações da BandNews FM

Previous ArticleNext Article