Morínigo isenta Alex Muralha por falha em derrota do Coritiba

O técnico Gustavo Morínigo defendeu o goleiro Alex Muralha da falha na derrota do Coritiba por 2 a 1 sobre o Operário; o camisa 23 errou na saída de bola no lance do primeiro gol

Pedro Melo - 28 de janeiro de 2022, 13:53

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O técnico Gustavo Morínigo defendeu o goleiro Alex Muralha da falha durante a derrota do Coritiba por 2 a 1 sobre o Operário, pela segunda rodada do Campeonato Paranaense. O camisa 23 errou na saída de bola no lance que gerou o primeiro gol do Fantasma.

"Não vou falar de goleiro que vai vir, mas somente do Alex. Nos precipitamos e os erros acontecem com todo mundo. Como sempre, em um goleiro se nota mais pela consequência que pode trazer. Erramos muito mais na frente, no meio. Tem que seguir trabalhando, acreditando e apoiar. Não apontamos a ninguém e quando perdemos, todos perdem", afirmou Morínigo, em entrevista coletiva.

Desde a saída de Wilson por questões pessoais, Alex Muralha assumiu a titularidade. O goleiro ganhou uma voto de confiança da comissão técnica, mas o Coxa não descarta a contratação de um novo goleiro para a posição. Os jovens Rafael William e Sidnei são outras opções no elenco.

Na última quarta-feira (26), a imprensa cearense revelou que o goleiro Felipe Alves, ex-Athletico e Paraná Clube e atualmente no Fortaleza, foi oferecido para o Coritiba. Porém, o nome não interessou a diretoria coxa-branca, que já descartou a contratação.

O Coritiba disputou apenas duas partidas na temporada: vitória sobre o Cianorte por 1 a 0 e derrota para o Operário por 2 a 1. O Coxa tem pouco tempo de preparação e já volta a campo no domingo (30), às 20h, contra o União, em Francisco Beltrão.

AGENDA DO CORITIBA

  • União: domingo (30), às 20h, no estádio Anilado
  • Rio Branco: quarta-feira (03), às 19h30, no Couto Pereira
  • São Joseense: sábado (05), às 16h, no estádio Cilmar Pedro Goergen
  • Londrina: quarta-feira (09), às 19h, no estádio do Café
  • FC Cascavel: domingo (13), às 18h30, no Couto Pereira