MP-PR recomenda jogos do Campeonato Paranaense sem torcida

Ministério Público pede jogos sem torcida no Campeonato Paranaense por conta do aumento de casos de Covid-19 em todo o estado do Paraná

Pedro Melo - 21 de janeiro de 2022, 15:45

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) recomentou para a Federação Paranaense de Futebol (FPF) que os jogos do Campeonato Paranaense sejam realizados sem a presença de público. Os motivos são o aumento do número de casos de Covid-19 e o surto de Influenza em todo o estado do Paraná.

Entre os argumentos estão que Curitiba tem mais de 10 mil casos ativos de Covid-19 no momento, por conta da variante Ômicron. Além disso, o MP-PR ressalta que as medidas preventivas são distanciamento social, com o objetivo de evitar aglomerações, e uso de máscaras.

O documento fala que "os jogos de futebol tendem a atrair milhares de torcedores e colaborar de maneira decisiva para a aglomeração de pessoas, de forma a permitir que a transmissão viral encontre cenário perfeito para o agravamento pandêmico de Covid-19".

E também diz que "em muitos casos, os vírus responsáveis pela Covid-19 e pela H3N2 não se manifestaram de modo evidente nas pessoas infectadas e que pesquisas científicas indicam o potencial de transmissão desses agentes por pessoas assintomáticas e pré-sintomáticas".

A medida pode afetar os jogos já da primeira rodada do Campeonato Paranaense. O Coritiba abre o estadual contra o Cianorte, neste sábado (22), às 16h, no estádio Couto Pereira. Já Athletico e Paraná Clube disputam o clássico no domingo (23), também às 16h, na Arena da Baixada.

CONFIRA OS JOGOS DA PRIMEIRA RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE

Sábado (22/01)

  • Coritiba x Cianorte, às 16h, no Couto Pereira
  • FC Cascavel x Rio Branco, às 19h, no Olímpico Regional

Domingo (23/01)

  • Independente São-Joseense x Azuriz, às 11h, no Cilmar Pedro Goergen
  • Athletico x Paraná Clube, às 16h, na Arena da Baixada
  • Londrina EC x Maringá, às 16h, no estádio do Café
  • Operário x União, às 19h, no Germano Krüger