Na Arena, Athletico estreia no Paranaense com derrota para o Cascavel CR

O atual campeão paranaense, o Athletico, estreou no estadual com derrota para o recém-promovido à elite, Cascavel CR. Ne..

Francielly Azevedo - 19 de janeiro de 2019, 19:04

Foto: Geraldo Bubniak - AGB
Foto: Geraldo Bubniak - AGB

O atual campeão paranaense, o Athletico, estreou no estadual com derrota para o recém-promovido à elite, Cascavel CR. Neste sábado (19), as equipes se enfrentaram na Arena da Baixada, pela primeira partida da Taça Barcímio Sicupira. O rubro-negro dominou as ações, mas bastou uma chance fatal para o time do oeste garantir o 1 a 0. Pouco mais de seis mil torcedores compareceram ao estádio.

O rubro-negro até parecia que ia pressionar o time visitante. Logo no primeiro minuto, chegou bem com Bruno Rodrigues de fora da área. Mas não demorou muito para o time responder e em um tiro fatal.

Aos 12, a equipe do Cascavel CR partiu em contra-ataque. Em uma sequência de tentativas, a bola sobrou com Taira, que pegou o rebote e soltou uma bomba para abrir o placar.

Desentrosado e procurando se encontrar em campo, o Furacão tentava, só que não conseguia levar perigo ao rival. Somente aos 31, Bruno Rodrigues, em um chute rasteiro, obrigou Marcos Paulo a fazer boa defesa.

Ainda na primeira etapa, Matheus Anjos quase descontou em uma cobrança de falta. Mas mandou por cima da meta.

Na volta do intervalo, o Athletico resolveu correr atrás do tempo perdido. Logo de cara, emendou uma bomba que saiu dos pés de Nicolas. Mas o arqueiro adversário não deixou passar.

Aos 10, a equipe rubro-negra reclamou de pênalti, após a bola bater no braço do zagueiro correia. Mas o juiz não entendeu como penalidade e deu apenas o escanteio.

O Furacão até tentou. Arriscou com Bruno Rodrigues e Anderson Plata já no finzinho da partida, mas, apesar do controle das ações da partida, amargou uma derrota na estreia do Paranaense.

O próximo adversário do Athletico é o Cascavel FC, na quarta-feira (23), às 20h, no Olímpico Regional. O Cascavel CR recebe o Londrina, na quinta-feira (24), às 20h, também no Olímpico.