Na bronca com arbitragem, Paraná Clube perde para o Ceará

Francielly Azevedo

O Paraná Clube foi derrotado pelo Ceará, nesta quinta-feira (22), por 1 a 0, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Castelão. Apesar do placar negativo, o Tricolor foi firme e não jogou a toalha durante o duelo. O tricolor ainda reclamou de um pênalti não dado pela arbitragem.

O Tricolor até começou a partida melhor. Aos sete minutos, Juninho cobrou falta, Arthur desviou, mas Jesiel não conseguiu chegar na bola. Aos 10, a equipe paranista chegou novamente. Jhonny Lucas desceu pela direita, entrou na área e tocou para Juninho. O jogador fez o giro, mas pegou mal na bola e perdeu uma boa oportunidade.

Após os 20 minutos, os donos da casa passaram a gostar da partida e dar trabalho para Richard. O duelo particular do arqueiro foi com Calyson. O atacante chegou com perigo em diversas oportunidades, mas foi barrado nas belíssimas defesas de Richard.

Só que, aos 31, a bola bateu no braço de Jesiel dentro da área. O lance seguiu, Leandro Vilela desarmou Arthur, mas o árbitro parou e marcou o pênalti. Juninho foi para cobrança e mandou firme para o fundo das redes.


Na segunda etapa, o Paraná não se deixou abater e enfrentou o Ceará de igual para igual. Richard continuou a brilhar, mas dessa vez o algoz foi Arthur. O atacante, ardiloso, ficou bem próximo de ampliar, mas não conseguiu passar pelo arqueiro paranista.

Os donos da casa seguiram pressionando. Nos minutos finais, o Paraná reclamou de um pênalti, após a bola bater no braço do jogador adversário, mas o juiz não deu.

COMO FICA

Com o resultado, o Paraná, já rebaixado, permanece na última posição, com 22 pontos. Já o Ceará soma 42 pontos, na 15ª colocação.

Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Botafogo, na segunda-feira (26), no Engenhão, às 20h (de Brasília).

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook