Na disputa pelo 3º lugar, jovens do Palmeiras têm chance de abrir portas

Tiago Leme, UOL Folhapress

Jovens do Palmeiras

A ótima temporada feita pelo Palmeiras tem relação direta com o bom desempenho e a qualidade demonstrada pelos jovens, seja pelos que vieram das categorias de base do clube ou pelos que foram contratados. No entanto, a atuação discreta da equipe na derrota para o Tigres, por 1 a 0, na semifinal do Mundial de Clubes não empolgou quem observava esses atletas no cenário internacional. A competição da Fifa no Qatar é sempre uma vitrine em que empresários e olheiros de clubes europeus e asiáticos procuram os talentos da América do Sul. Com isso, a disputa pelo terceiro lugar contra o Al Ahly, do Egito, nesta quinta-feira ainda pode ser uma oportunidade para apagar a má impressão deixada e abrir portas para futuras negociações.

Crias da casa alviverde, como os volantes Danilo (19 anos) e Patrick de Paula (21 anos), o lateral direito e meio-campista Gabriel Menino (20 anos) e o os atacantes Gabriel Veron (18 anos) e Wesley (21 anos) já chamam a atenção de agentes e equipes pelo mundo. Os dois últimos estão lesionados e não atuam no Mundial, mas viajaram para Doha com o elenco.

Além deles, o lateral esquerdo uruguaio Matías Viña (23 anos) e o atacante Rony (25 anos), que chegaram ao Verdão em 2020, também fazem parte da lista que está no radar dos observadores estrangeiros.

Desde o início do ano passado, ainda com o técnico Vanderlei Luxemburgo no comando, os garotos da base foram bem aproveitados entre os profissionais. Depois, o português Abel Ferreira deu sequência no processo. Os jovens ganharam confiança, mostraram serviço, e o sucesso desta aposta foi coroado com os títulos do Campeonato Paulista e da Taça Libertadores.

O Palmeiras ainda pode levantar mais dois troféus na temporada, já que está nas finais da Copa do Brasil e da Recopa. No Brasileirão, tem apenas chances matemáticas de ser campeão, mas o time segue na briga na parte de cima da tabela até o fim da competição. As convocações de Gabriel Menino para a seleção brasileira também colocaram o jogador em evidência internacionalmente.

Em conversas com a reportagem do UOL em Doha, jornalistas e empresários do futebol comentaram positivamente sobre a qualidade de diversos nomes desta atual equipe do Palmeiras, principalmente os mais novos. A diretoria do clube, porém, não pretende vender ninguém neste momento, a menos que apareça uma proposta muito vantajosa.

Durante esta semana, a imprensa do Qatar também abordou este assunto. O jornal local Al Watan publicou que o “Mundial de Clubes seria uma porta para os jogadores do Palmeiras jogarem nas ligas da Europa”. No texto, vários desses jogadores foram citados, com os seguintes comentários. “Veron sonha em jogar na Inglaterra”, “Danilo acha que é questão de tempo ir para a Europa”, “Milan tem interesse em Viña”, “Manchester City e Real Madrid estão de olho em Patrick de Paula”, “Gabriel Menino tem sonho de jogar no Barcelona ou PSG” e “Rony está tão bem no Palmeiras que não ficará muito tempo no Brasil”.

A reportagem cita empresários e notícias de países como Inglaterra e Espanha que ligam os atletas palmeirenses a sondagens e possíveis negociações futuras.

Apesar de a derrota para o Tigres ter sido uma decepção e do time ter que buscar ânimo para disputar o terceiro lugar, jogo que está bem longe de ser o que o time esperava, o duelo contra os egípcios do Al Ahly ainda pode ter um impacto positivo ou negativo dependendo do resultado e do desempenho individual e coletivo do Verdão.

Previous ArticleNext Article