Na raça, Argentina vence Nigéria e passa às oitavas

Foi no sufoco. Com um gol de Rojo, aos 41 minutos do segundo tempo, depois de ver o adversário desperdiçar várias chance..

Roger Pereira - 26 de junho de 2018, 17:15

Foi no sufoco. Com um gol de Rojo, aos 41 minutos do segundo tempo, depois de ver o adversário desperdiçar várias chances, a Argentina venceu a Nigéria por 2 a 1 e conquistou uma vaga para as oitavas de final Copa do Mundo. Com quatro pontos, os argentinos ficam em segundo lugar do Grupo D e, agora, enfrentam a França na fase eliminatória do mundial. O primeiro lugar do grupo ficou com a Croácia, que venceu suas três partidas e fechou com 9 pontos.

Precisando da vitória e debaixo de muita pressão, a Argentina começou a partida tomando conta do jogo e impondo seu futebol, o que não conseguiu fazer contra Islândia e Croácia. Apagado nas duas primeiras partidas e cobrado pelo pênalti perdido contra a Islândia, Messi desencantou e colocou a Argentina em vantagem logo aos 13 minutos, recebendo na entrada da área, arrancando e batendo cruzado para abrir o placar. Mas o jogo que se desenhava tranquilo tornou-se dramático. A Argentina não aproveitou as chances criadas no primeiro tempo, foi para o vestiário com vantagem mínima e sofreu o empate logo no início da segunda etapa.

Aos 4 minutos, em confusão na área, o árbitro viu um agarrão de Mascherano em Balogun e, com auxílio do árbitro de vídeo, confirmou o pênalti. Moses cobrou, empatou a partida e deu início aos 40 minutos de desespero argentino.

Depois do empate, a Argentina perdeu o controle do jogo, cometeu erros básicos, não conseguiu criar mais nada, cometeu faltas duras, reclamou com a arbitragem e viu a Nigéria criar as melhores situações de gol. Depois de várias chances perdidas pelos nigerianos, os argentinos tentaram um abafa nos minutos finais e, aos 41 minutos, conseguiu o gol salvador, para loucura da maioria argentina no estádio.