Na última rodada da fase de grupos, Operário encara o Luverdense na Série C

Francielly Azevedo


Já classificado, mas pensando em um bom chaveamento na próxima etapa da Série C, o Operário encara o Luverdense, neste sábado (11), às 17h (de Brasília), em Lucas do Rio Verde, pela 18ª rodada do Grupo B. Essa será a última rodada da fase de grupos, a vitória sacramentará o Fantasma na liderança da competição, podendo decidir o mata-mata em casa. Além disso, o alvinegro fica de olho no complemento da rodada, esperando pelo adversário da próxima fase.

O Fantasma é o líder do Grupo B, com 35 pontos, 10 vitórias, cinco empates e duas derrotas. Na última rodada, o time empatou em casa com o Bragantino-SP em 1 a 1. O Luverdense é o quinto colocado, com 21 pontos, seis vitórias, três empates e oito derrotas. Na 17ª rodada, a equipe perdeu fora de casa para o Joinville por 4 a 2.

No primeiro turno, Operário e Luverdense se enfrentaram no Estádio Germano Krüger no dia 10 de junho, com vitória do alvinegro por 3 a 2. Sosa, Xuxa e Erick marcaram os gols da equipe da casa.

Se vencer a partida deste sábado, o Fantasma garante a primeira colocação do grupo B e a melhor campanha da primeira fase. Em caso de empate, o alvinegro garante pelo menos a segunda colocação. Nos dois casos, o Operário decidirá em Ponta Grossa o acesso à Série B do Brasileiro. Se perder, o time de Vila Oficinas precisa torcer por um tropeço do Botafogo-SP ou um empate do Cuiabá-MT para se manter pelo menos em segundo.

“É o último jogo da primeira fase e a gente ainda tem ambição em buscar uma vitória ou, se não der, um empate, mas voltar com pontos de lá para garantir a condição que a gente quer: terminar em primeiro ou segundo”, disse o técnico Gerson Gusmão.

Para o confronto contra o Luverdense, o técnico Gerson Gusmão terá o retorno do zagueiro Alisson, que volta de suspensão. Já o goleiro Simão e o lateral esquerdo Peixoto, suspensos, não viajaram com a equipe. O lateral direito Danilo Báia, o zagueiro Rodrigo e o volante Erick seguem em tratamento no Departamento Médico.

O provável time tem Matheus; Léo, Sosa, Alisson e Raphael Soares; Chicão, Índio, Cleyton e Robinho; Lucas Batatinha (Xuxa) e Schumacher.

O árbitro Gilberto Rodrigues Castro Junior comanda o duelo, auxiliado por Francisco Chaves Bezerra Junior e Bruno Cesar Chaves Vieira.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.