Náutico humilha o Paraná e entra para o G-4

Redação


O Náutico contou com falhas individuais e o sistema defensivo enfraquecido do Paraná para aplicar uma das maiores goleadas da Série B nas oito primeiras rodadas. O Timbu venceu o Paraná por 5 a 1 – a última goleada desse porte aconteceu em 2010 para a Lusa – fez o Tricolor cair para a 12ª colocação, com dez pontos e o Náutico  pulou para o G-4 na quarta colocação. Além disso, o técnico Claudinei Oliveira, que entrou em  rota de colisão com o diretor Durval Lara Resende, o Vavá, que em recentes declarações insinuou que ele corre o risco de ser demitido, caso a equipe não mostre reação na competição.

O Náutico goleou com Renan Oliveira, que abriu o placar aos oito minutos de jogo, em falha de Pitty; e aos 30, Bergson ampliou. Na segunda etapa, com Diego Tavares na vaga de Basso e Henrique no lugar de Marcelinho o time avançou um pouco mais, mas a estratégia caiu por terra aos três minutos, quando Jefferson marcou o terceiro gol.

Aos 22 e 30 minutos do segundo tempo Taiberson marcou os outros gols da goleada. Já no final da partida, aos 43, Henrique fez bonita jogada e chutou sem chances de defesa para Julio Cesar.

 

Previous ArticleNext Article