Paraná Clube leva virada do Náutico e afunda na zona de rebaixamento da Série B

Jorge de Sousa

Paraná Clube leva virada do Náutico e afunda na zona de rebaixamento da Série B

O Paraná Clube perdeu de virada por 2 a 1 para o Náutico na noite desta sexta-feira (8) e ficou em situação muito delicada no Campeonato Brasileiro da Série B.

Hurtado abriu o placar para o Paraná, mas o Náutico buscou a virada com gols de Kieza e Erick. O placar poderia ser ainda maior para o Timbu, se Renan não tivesse defendido duas penalidades na partida.

O duelo foi realizado nos Aflitos, em Recife, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O Náutico conseguiu deixar a zona de rebaixamento com a vitória e chegou aos 38 pontos. A equipe ainda pode voltar para o Z4, caso Vitória e Figueirense vençam seus jogos na rodada.

Já o Paraná completou quatro jogos sem vitória e ficou estacionado com 33 pontos, acima apenas do lanterna Oeste (23 pontos) na tabela da Série B.

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira (12), às 19h15. O Paraná recebe o CSA na Vila Capanema, enquanto o Náutico duela contra o América-MG nos Aflitos.

PARANÁ CLUBE ERRA MUITO NA DEFESA E LEVA VIRADA NOS AFLITOS

A partida começou truncada e sem chances de perigo criadas até os 15 minutos. Foi então que Renan Bressan bateu falta da intermediária e Hurtado desviou com a ponta da chuteira para o fundo das redes.

Nova chance do Paraná Clube aos 22 minutos. Gabriel Pires aproveitou rebote na entrada da área e emendou de primeira, mas a bola saiu perto ao poste direito.

O árbitro Leo Simão Holanda começou a aparecer negativamente aos 30 minutos. Jean Carlo cobrou escanteio, a zaga do Paraná afastou e na dividida pelo alto entre Kieza e Philipe Maia, o juiz assinalou a penalidade.

Kieza pediu a bola e bateu firme, mas no meio do gol para Renan espalmar para a linha de fundo.

Mas aos 37 minutos, Kieza se redimiu do pênalti perdido. Erick fez belo passe para o centroavante, que invadiu a área e bateu firme, sem chances para Renan.

O Paraná tentou responder aos 38 minutos. Renan Bressan novamente alçou bola da intermediária, Fabrício ganhou pelo alto e cabeceou firme, mas Anderson fez a defesa no centro do gol.

Renan salvou novamente o Paraná aos sete minutos do segundo tempo. Kieza fez bem o pivô e rolou para Vinícius na área, mas o goleiro fechou o ângulo e fez bela defesa.

Aos dez minutos, novo pênalti duvidoso marcado por Leo Simão Holanda. Kieza foi lançado, invadiu a área e após dividida com Fabrício, caiu na área.

Dessa vez, Jean Carlo foi para a cobrança, mas também bateu forte e centralizado para Renan fazer a defesa com a perna e salvar novamente o Paraná.

Só que aos 18 minutos, o Náutico conseguiu a virada. Vinícius avançou pela esquerda e cruzou para o meio da área, Fabrício errou o corte e Erick bateu colocado no ângulo esquerdo.

Renan Bressan ficou perto de empatar o jogo aos 22 minutos. O meia aproveitou rebote na entrada da área e tentou a finalização colocada, mas a bola passou rente ao poste esquerdo.

Nova chance do Paraná aos 37 minutos. Guilherme Biteco bateu falta da intermediária, Philipe Maia desviou de cabeça e a bola passou rente ao poste direito.

LEIA MAIS: Athletico: Nikão e Kayser estão suspensos para o clássico contra o Coritiba

Previous ArticleNext Article