Neymar marca e PSG vence o Borussia para avançar às quartas da Champions

Vinicius Cordeiro

neymar psg borussia champions

Com gols de Neymar e Bernat, o PSG (Paris Saint-Germain) venceu o Borussia Dortmund por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Champions League. O duelo, realizado no Parque dos Príncipes, ficou marcado pelas arquibancadas vazias. A decisão da UEFA tentou prevenir a transmissão do coronavírus, que passou a ser classificado como pandemia pela OMS.

Vale lembrar que os alemães se classificavam com um simples empate após ter vencido por 2 a 1 no jogo de ida, no Signal Iduna Park. No final do jogo, Emre Can foi expulso por falta em Neymar. O lance gerou uma confusão generalizada, mas o árbitro compensou com a expulsão e cartões amarelos para o camisa 10 e Marquinhos, que foi defender o compatriota.

O PSG aguarda a definição de todos os classificados para as quartas de final da Champions. Por enquanto, RB Leipzig e Atalanta também já garantiram sua vaga.

A princípio, a UEFA fará sorteio dos duelos no dia 20 de março, mas o surto do coronavirus ainda pode atrapalhar o restante da temporada europeia.

NEYMAR SE CONSAGRA E AUMENTA EXPECTATIVA

Com o gol marcado contra o Borussia, Neymar se isola ainda mais como o brasileiro que mais marcou na Champions League. O camisa 10 do PSG chegou hoje a 35 gols marcados em 57 jogos. Kaká, com 30 gols, e Rivaldo, com 27, fecham o pódio.

O brasileiro fez um bom jogo e superou uma queda feia aos cinco minutos. Ele sentiu muita dor no ombro direito, mas retornou ao campo e fez a diferença. Em uma jogada pouco característica, marcou presença na área após cobrança de escanteio e cabeceou firme para abrir o placar.

No resto do jogo, o camisa 10 foi o principal criador da equipe, tentando bons passes para Di Maria e Cavani.

De modo geral, Neymar superou Haaland e se consagrou como o grande personagem do confronto com o Borussia. Além de marcar nos dois jogos, o brasileiro provocou o jovem atacante norueguês ao copiar sua comemoração, fazendo uma meditação. Agora, a expectativa é se o brasileiro levará o Paris ao título inédito.

PRÓXIMOS JOGOS

A princípio, o PSG volta a campo contra o Nice no próximo domingo (15), às 17h (horário de Brasília). O jogo é válido pela rodada 29 do Campeonato Francês, mas ainda não está confirmado. Vale lembrar que a partida contra o Strausbourg, que seria realizado no último sábado (7), foi adiado pelo surto de coronavirus.

Já o Borussia tem compromisso marcado diante o Schalke no sábado (14), às 9h30 (horário de Brasília).

PARIS ABRE BOA VANTAGEM NO PRIMEIRO TEMPO

Neymar abriu o placar com um gol de cabeça. (Divulgação / UEFA Champions League)

O PSG se aproveitou da postura defensiva do Borussia Dortmund e controlou, sem dificuldades, os 45 minutos iniciais. Nas únicas chances dos visitantes, Kimpembe cortou o passe perigoso para Haaland e Sancho chutou nas mãos de Navas. De resto, só deu Paris.

Aos 24, Cavani bateu firme e viu o goleiro Bürki defender com o pé direito. Três minutos depois, o PSG chegou ao gol na bola parada. Di Maria cobrou o escanteio e Neymar apareceu na pequena área, livre de marcação, para completar para as redes.

O placar foi ampliado aos 45, quando Sarabia cruzou rasteiro e Bernat, dentro da área, deu um toque para acertar o canto do gol alemão.

Na etapa final, o Borussia ficou mais presente no campo de ataque, mas sem muita inspiração. Quem assustou mesmo foi Di Maria, que obrigou Burki a fazer uma defesaça em cobrança de falta.

Apesar da entrada de Mbappé, o Paris não conseguiu encaixar nenhum contra-ataque. O Borussia arriscou mais duas vezes, mas

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="688008" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]