Nikão alcança marca histórica de 300 jogos pelo Athletico; relembre grandes momentos

Pedro Melo

Nikão 300 jogos Athletico Paranaense Copa do Brasil Sul-Americana

O atacante Nikão completou 300 jogos com a camisa do Athletico na derrota por 2 a 0 para o Bahia, pela 25ª rodada da Série A do Brasileirão. Mesmo que o resultado não tenha sido o esperado, a boa notícia para o ídolo rubro-negro é que a marca histórica aconteceu justamente no retorno da torcida para a Arena da Baixada.

Nikão chegou ao Athletico em janeiro de 2015 e precisou de mais de 45 dias até estrear na derrota para o Foz do Iguaçu por 1 a 0, em 26 de fevereiro. O primeiro gol com a camisa do Furacão aconteceu apenas em maio do mesmo ano, na goleada por 5 a 0 sobre o Nacional, pelo Torneio da Morte do Campeonato Paranaense.

Em sete temporadas, Nikão marcou 46 gols, deu 45 assistências e entrou para a história como um dos maiores ídolos da história do Athletico. O camisa 11 conquistou os títulos da Sul-Americana de 2019, da Copa do Brasil de 2018, da Levain Cup de 2019 e dos Paranaenses de 2016 e 2020.

Além disso, o atacante é o artilheiro do Rubro-Negro na história da Sul-Americana, com oito gols, e recordista de jogos pelo Furacão na Libertadores, com 21 partidas. Ele tem contrato somente até o final da temporada, já deu indícios de despedida, mas ainda pode conquistar mais dois títulos: Sul-Americana e Copa do Brasil.

“É uma marca muito importante para mim. Fazer 300 jogos em um clube é algo que poucos atletas conseguem. Aliás, nunca antes imaginei que pudesse ficar tanto tempo em um mesmo clube. Já vou completar sete anos aqui. Para um jogador da minha posição de meia-atacante, não é algo muito comum. Mas sou muito grato a Deus por cada momento que vivi e sigo vivendo aqui no Athletico Paranaense”, afirmou Nikão.

OS PRINCIPAIS JOGOS DE NIKÃO PELO ATHLETICO

Fluminense 0x2 Athletico – semifinal da Sul-Americana de 2018

Após vencer o jogo de ida na Arena da Baixada por 2 a 0, o Furacão foi até o Maracanã para enfrentar o Fluminense e confirmar a vaga na decisão da Sul-Americana de 2018. E Nikão não deu chance para o time carioca sonhar com a classificação. O atacante marcou o primeiro gol da nova vitória por 2 a 0 logo aos quatro minutos.

Além da classificação para a final, Nikão comemorou o aniversário de dois anos do filho Thiago. “Eu pude jogar no Maracanã, em uma semifinal de competição internacional e conseguiu fazer um gol no dia do aniversário do meu filho. Foi um dia especial e que eu nunca vou esquecer”, disse.

Athletico (5) 2×0 (4) Grêmio – semifinal da Copa do Brasil de 2019

O Athletico tinha uma situação complicada depois de perder o jogo da ida por 2 a 0 para o Grêmio. Porém, com a Arena da Baixada lotada, o Furacão devolveu o placar e venceu nos pênaltis para chegar à final da Copa do Brasil. E Nikão foi importante mais uma vez. O camisa 11 marcou o primeiro gol da partida e ainda converteu a penalidade.

“Quando se cria uma família, você se doa pelo outro, sente a dor do outro. Mais uma vez, pudemos fazer uma noite especial. O torcedor compareceu e tudo deu certo, saímos classificados”, ressaltou o atacante, na ocasião.

Coritiba 1×2 Athletico – final do Campeonato Paranaense de 2020

No retorno do futebol após a paralisação pela pandemia da Covid-19, o Rubro-Negro utilizou a equipe titular no mata-mata do Campeonato Paranaense. A decisão contra o Coritiba estava indo para os pênaltis, mas Nikão marcou um golaço em pleno estádio Couto Pereira que encaminhou o tricampeonato estadual.


Athletico 2×0 Peñarol – semifinal da Sul-Americana de 2021

O Athletico está na segunda final da Sul-Americana na história e Nikão tem muita responsabilidade. No jogo de volta da semifinal contra o Peñarol, o camisa 11 marcou um gol e deu um outro outra assistência na vitória por 2 a 0 na Arena da Baixada.

“Falar de um desempenho individual é muito complicado pra mim. Sempre procuro olhar pelo coletivo, pela nossa equipe como um todo. Mas respondendo à sua pergunta, um jogo no qual acho que pude ter uma grande atuação individualmente, e o que eu pudesse escolher para colocar neste destaque, seria esse segundo jogo da semifinal da Sul-Americana de 2021, em que vencemos o Peñarol por 2 a 0”, comentou Nikão.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="795592" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]