No sofrimento, Brasil vence a Costa Rica com dois gols no fim

Francielly Azevedo


Foi sofrido, foi suado, mas o Brasil conseguiu vencer a Costa Rica, por 2 a 0, nesta sexta-feira (22), em São Petesburgo, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo. Os dois gols foram marcados nos minutos finais, por Philippe Coutinho e Neymar.

O Brasil começou bem, parecia que ia dar bastante trabalho. Logo aos três, finalizou com Philippe Coutinho, de fora da área. Mas a bola foi por cima. A Costa Rica logo respondeu. Aos seis, Gamboa tentou de fora da área, só que mandou longe.

Depois disso, os costarriquenhos passaram a impor o ritmo da partida. Até que aos 12, criaram uma oportunidade perigosa. Borges recebeu com liberdade na área e chutou. A bola por pouco não entrou.

Os brasileiros tiveram dificuldades para avançar e só aos 25 minutos iniciaram a pressão. Na tentativa de Marcelo, Gabriel Jesus ficou com a bola e até balançou as redes. Só que estava em posição de impedimento.

Um minuto depois, Neymar recebeu na velocidade e dividiu dentro da pequena área com o goleiro Navas. Aos 28, Marcelo recebeu cruzamento, chutou e a bola passou pela direita. Aos 31, Neymar Cruzo, Gabriel Jesus subiu, mas a zaga da Costa Rica conseguiu afastar antes de cabeça.

O Brasil iniciou o segundo tempo pressionando ainda mais. Em 10 minutos, acertou a trave com Gabriel Jesus, após cruzamento pela direita, se aproximou com as jogadas iniciadas com Douglas Costa e obrigou Navas a fazer boa defesa na chegada de Neymar.

Aos 21, a Costa Rica levou perigo e Miranda salvou o Brasil. O goleiro Alisson nem se mexeu.

Após isso, Tite apostou em um time mais ofensivo. Sacou Paulinho para entrada do atacante Firmino.

Aos 26 minutos, Neymar recebeu sozinho e teve a chance, mas não calibrou o pé e a bola foi para fora.

Aos 35, Neymar recebeu bola de Jesus na área, tentou o drible e foi interceptado por González. O juiz parou a jogada e chegou a cogitar o pênalti. Mas na revisão, com o auxílio do VAR, decidiu voltar atrás e anulou a penalidade.

As equipes seguiram sem conseguir atacar. Até que aos 45, a bola foi cruzada na área, Firmino escorou, Gabriel Jesus deixou passar e Philippe Coutinho chegou de bico, mandando por baixo das pernas de Navas, para o gol.

Mas a alegria ainda não tinha acabado. O árbitro deu seis minutos de acréscimo e, aos 51, Casemiro puxou o contra-ataque e rolou para Douglas Costa. Sozinho, ele tocou para Neymar, que caprichou para o fundo das redes e decretou o 2 a 0.

Com o resultado, o Brasil soma quatro pontos na competição. Na próxima rodada, a última e decisiva da fase de grupos, o Brasil encara a Sérvia, na quarta-feira (27), às 15h (de Brasília), pelo Grupo E.

 

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="531662" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]