No sufoco, Coritiba vence Cianorte e sai na frente na semi do Paranaense

Rafael Nascimento


O Coritiba venceu o Cianorte por 3 a 2 na tarde deste domingo (26) e largou em vantagem na semifinal do Campeonato Paranaense.

Com boa movimentação no primeiro tempo, onde envolveu o Leão do Vale e abriu 3 a 0 – dois gols de William Matheus e outro de Gabriel – o Alviverde caiu de produção na etapa complementar e viu o Cianorte descontar com Pelezinho e França, deixando o confronto aberto para o jogo de volta.

A partida foi realizada no Estádio Albino Turbay com portões fechados por conta do protocolo estadual de segurança devido à pandemia da covid-19.

Com mais pontos na classificação geral, o Coritiba decide o confronto semifinal em casa. Valendo vaga na decisão, as equipes voltam a se enfrentam na próxima quarta-feira (29) às 20h no Couto Pereira, em Curitiba.

CIRÚRGICO, COXA MARCA DOIS GOLS EM TRÊS MINUTOS

Depois de surpreender o Operário fora de casa, o Cianorte chegou com moral entre os quatro melhores times da competição. E em pleno Albino Turbay, o Leão do Vale tratou de propor as ações no começo do jogo. Aos 6, Buba bateu cruzado, mas a bola não encontrou a direção do gol.

O técnico Eduardo Barroca optou por dar sequência e manteve a base do Coritiba que eliminou o Paraná Clube nas quartas. As exceções ficaram por conta do retorno de Alex Muralha, recuperado da covid-19, à meta alviverde, e Matheus Galdezani na meia cancha no lugar de Rafinha, poupado.

Sem pressa, o Verdão chegou pela primeira vez aos 12 minutos, após cruzamento de Gabriel pela esquerda para Matheus Galdezani, que tentou de bicicleta, sem perigo.

O Coritiba seguiu valorizando a posse de bola e as subidas pelos lados do campo, e desta maneira abriria o placar aos 19. Em cobrança de falta pela direita, Patrick Vieira alçou a bola para a área e William Matheus, livre de marcação, não deu chances ao goleiro Bruno: 1×0.

O gol deu ainda mais leveza ao Alviverde, que não demoraria para ampliar o marcador. Após grande jogada de Thiago Lopes aos 22, Gabriel recebeu de frente para o gol e estufou a rede.


O Cianorte sentiu o golpe de tomar dois gols em três minutos e seguiu cedendo espaços ao adversário. Aos 32, Igor Jesus serviu Robson, que invadiu a área e finalizou por cobertura, mas a bola caprichosamente beijou o travessão.

No fim da primeira etapa o Coxa ainda teria tempo para o terceiro, mais uma vez com William Matheus. Em nova assistência de Patrick Vieira na bola parada, o lateral-esquerdo recebeu cruzamento na medida e de cabeça, aos 43, só escorou para o gol.

LEÃO DO VALE REAGE E SEGUE VIVO

As equipes voltaram para a etapa complementar sem alterações. O que também parecia não ter mudado era o domínio alviverde. Parecia. Após cochilo do sistema defensivo coxa, o Leão do Vale descontou logo aos 3, com Pelezinho. Em lance de rara felicidade, o atacante arriscou de longa distância e venceu Alex Muralha: 3×1.

De volta ao jogo, o Cianorte adiantou sua marcação mas custava a levar novo perigo ofensivo. O time da casa chegaria novamente aos 37, com Pelezinho em dois lances. No primeiro, em cobrança de falta a bola passou perto do gol de Muralha; no segundo, também aos 37, o destaque do Cianorte no jogo invadiu a área e finalizou, mas o goleiro coxa-branca conseguiu salvar o gol. Na sequência do lance, França ficou com o rebote e bateu firme: 3×2.

O jogo ficou franco e ganhou em emoção nos minutos finais. Já nos acréscimos, Sassá chutou de longa distância e obrigou o goleiro Bruno a se esticar para evitar o gol. Aos 49, Buba arriscou pela direita, mas a bola passou em frente ao gol de Muralha.

COXA DESFALCADO

O técnico Eduardo Barroca terá bastante trabalho para a partida de volta da semifinal do Paranaense 2020, na próxima quarta-feira (29). Isso porque três titulares que estavam pendurados receberam o terceiro cartão amarelo neste domingo e não enfrentam o Cianorte: o atacante Igor Jesus, o meia Thiago Lopes e o zagueiro Rhodolfo.

FICHA TÉCNICA

Campeonato  Paranaense 2020

Semifinal

Cianorte 2×3 Coritiba

Horário: 16h

Local: Estádio Albino Turbay, em Cianorte

Arbitragem: Leonardo Ferreira Lima, auxiliado por Rafael Trombeta e Luciano Roggenbaum

Gols: William Matheus (19 e 43 do 1º T) e Gabriel (22 do 1º T); Pelezinho (3 do 2º T) e França (37 do 2º T)

Coritiba: Alex Muralha; Patrick Vieira, Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Nathan Silva, Thiago Lopes (Welissol) e Gabriel; Matheus Galdezani, Robson (Sassá) e Igor Jesus (Wanderley). Técnico: Eduardo Barroca

Cianorte: Bruno; Weriton, Eduardo Doma, Maurício e Prego; Morelli (França), Gercimar, Zé Vitor e Buba; Lucão (Lucas Coelho) e Pelezinho (Evérton Bala). Técnico: João Burse

Previous ArticleNext Article