O melhor do punhobol mundial estará em Curitiba

Redação


A seleção brasileira feminina de punhobol volta a Curitiba para disputar mais um campeonato mundial da modalidade. Os jogos começam na próxima terça-feira (25), no Clube Duque de Caxias, no bairro Bacacheri. O local já havia sediado os jogos em 2002. Esta é a sétima edição da competição, que começou em 1994 na Argentina.

Durante os seis dias de disputa estarão reunidos representantes das seleções de sete países: Argentina, Áustria, Austrália, Alemanha, Brasil, Chile e Suíça. A seleção alemã é tetracampeã de punhobol e o time do Brasil luta pela conquista do bicampeonato. As brasileiras conquistaram o título inédito no mundial de 2010. A seleção ainda foi vice-campeã em 2002 e 2006, e possui três terceiros lugares. As principais atletas são do Paraná e Rio Grande do Sul.

A abertura está programada para terça-feira (25), às 16h45, e o primeiro jogo acontece logo em seguida, entre Brasil e Argentina. O evento será aberto ao público, com entrada gratuita. O espaço vai contar com praça de alimentação, food trucks e chopp artesanal.

Os jogos serão acompanhados por membros do Comitê Olímpico Internacional, que devem avaliar a competição e a inserção do esporte nas olimpíadas. O Punhobol é praticado nos cinco continentes e tem 65 Confederações organizadas. No Brasil, a forte influência da colonização alemã na região sul coloca Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul como os principais praticantes do esporte.

O que é

O Punhobol é um esporte coletivo, semelhante ao voleibol, por ser seu precursor, com a diferença de ser jogado em um campo de grama que mede 50 m x 20m, com cinco jogadores de cada lado, podendo também ser muito maior que uma quadra de vôlei.

O campo é dividido ao meio por dois postes, onde é esticado um cabo ou rede, que varia de 3 a 7 cm de largura, a uma altura de 2 m (adulto masculino) ou 1,90m (adulto feminino). Todas as jogadas são efetuadas com o punho fechado e as defesas com o antebraço. O país que mais pratica o esporte é a Alemanha.

O punhobol ainda é pouco conhecido no Brasil, apesar do esporte estar entre um dos mais vencedores do país. São dezenas de conquistas internacionais, incluindo todas as categorias e gêneros. Os Campeonatos Sul-Americanos, de seleções nacionais, são disputados desde 1961. A Argentina venceu em 1961 e 1983, os demais títulos, todos, foram conquistados pelo Brasil, inclusive na categoria juvenil (desde 1984), feminina adulto (desde 1987) e feminina juvenil (desde 1988). Apesar das conquistas, o esporte não tem muito apoio político e econômico em terras brasileiras.

Atletas convocadas

Tatiane Schineider – Duque – PR

Isabella Lucchin – Sogipa – RS

Cristiane Huaska – Curitibano – PR

Angela Mello – Duque – PR

Mariana Schmidt – SGNH- RS

Caroline Suffert – Sogipa -RS

Cecília Breckenfeld – Duque – PR

Fernanda Passos – Duque – PR

Sabine Suffert – Sogipa – RS

Flávia Bueno – Curitibano – PR

Técnico – Alesandro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="392871" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]