O que Hamilton e Verstappen precisam para garantir o título da Fórmula 1

Após vencer o tenso GP da Arábia Saudita, Lewis Hamilton (Mercedes) alcançou a pontuação de Max Verstappen (Red Bull) na..

UOL/Folhapress - 06 de dezembro de 2021, 15:40

(Reprodução/Twitter/F1)
(Reprodução/Twitter/F1)

Após vencer o tenso GP da Arábia Saudita, Lewis Hamilton (Mercedes) alcançou a pontuação de Max Verstappen (Red Bull) na liderança da Fórmula 1.

Agora, os dois pilotos somam 369,5 pontos e têm o GP de Abu Dhabi, marcado para o próximo final de semana, para definir quem vai ficar com o troféu. No momento, quem está à frente pelo critério de desempate é o piloto holandês, que venceu um GP a mais na temporada.

Para Hamilton ser campeão, basta somar mais pontos que Verstappen. Isso significa que, se os dois terminarem abaixo da 10ª colocação ou abandonarem a prova, o título não fica com o britânico.

Isso porque o holandês da Red Bull soma nove vitórias contra oito do piloto da Mercedes no ano. Este é o primeiro critério de desempate estipulado pela organização da categoria.

Se Hamilton acabar a prova em 9° (somando dois pontos) e Verstappen em 10° (somando um ponto), o britânico fatura o título caso o rival não faça a volta mais rápida do GP.

Para Verstappen ser campeão, basta somar mais ou o mesmo número de pontos que Hamilton. Isso significa que, se os dois terminarem abaixo da 10ª colocação ou abandonarem a prova, o título fica para o holandês - justamente pelo fato de ele ter uma vitória a mais no atual calendário.

Se Verstappen acabar a prova em 10° (somando um ponto) e Hamilton em 9° (somando dois pontos), o holandês precisa fazer a volta mais rápida do GP para conseguir o ponto extra e garantir o seu 1° título na categoria.