Ofensiva paranista na Justiça pode travar o Paranaense

Redação


O Paraná tenta fazer valer na Justiça Desportiva o cumprimento do regulamento do Campeonato Paranaense. A equipe, que entrará em campo no próximo domingo, às 18 horas, na Vila Capanema, precisando da vitória contra o Atlético para se classificar, quer enfrentar o Rio Branco, oitavo colocado, conforme o que havia sido escrito no regulamento. O clube entrou com uma Medida Cautelar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para enfrentar o Rio Branco nas quartas de final do Estadual, mesmo que reverta a vantagem atleticana no final de semana.

O presidente do Tricolor, Leonardo Oliveira, disse que o clube quer que o regulamento seja respeitado. “O melhor dos mundos seria nossa classificação contra o Atlético e nossa vitória também na Justiça, para que enfrentássemos o oitavo colocado, o Rio Branco, e então, seria respeitado o regulamento,  que todos nós discutimos, colocamos nossas assinaturas e que foi rasgado”, avaliou, em entrevista à Transamérica FM.

Leonardo reafirmou que o clube quer jogar conforme o que foi acordado.  “Nós achamos que o certo é o 1.º colocado enfrentar o 8º. As regras do campeonato precisam ser seguidas. O regulamento foi muito claro antes do torneio começar. Espero que o STJD reveja o erro que cometeu”, disse.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="423805" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]