Olimpíadas das camisinhas e dos atletas do sexo

Redação


As Olimpíadas do Rio de Janeiro vão bater um curioso recorde; serão 450 mil camisinhas disponíveis, 42 para cada atleta. O volume é três vezes maior do que em Londres, em 2012.

As camisinhas femininas serão disponibilizadas pela primeira vez na história dos Jogos. Serão 100 mil preservativos específicos para as mulheres. Além disso, serão 350 mil para os homens e 175 mil pacotes de lubrificante.

Medo do Zika

O Zika vírus, que poderia ser uma justificativa para o aumento, não foi alegado como o principal motivo. Mas algumas delegações, como a da Austrália, virão ao Brasil com camisinhas especiais antivírus para se proteger de possíveis infecções.

Camisinhas começaram a ser distribuídas nas Olimpíadas de 1988, em Seul (Coreia do Sul), quando 8500 preservativos estavam disponíveis. Vários deles foram encontrados nos tetos da Vila Olímpica, o que fez com que os atletas fossem banidos de fazer sexo fora do Parque Olímpico.

Previous ArticleNext Article