Feitosa valoriza vitória do Paraná para "exorcizar fantasmas"

Treinador paranista relembrou o drama da equipe no rebaixamento para o Paranaense e destacou como o resultado contra o Pérolas ajuda na confiança da equipe

Gabriel Sawaf - 19 de junho de 2022, 09:00

Divulgação/Paraná Clube
Divulgação/Paraná Clube

O Paraná Clube bateu o Pérolas Negras na tarde deste sábado (18) e se reencontoru com a vitória na Série D, após sofrer a primeira derrota na competição, na rodada anterior.

De acordo com o treinador do Tricolor, Omar Feitosa, durante a semana ele sentiu um clima estranho na equipe, que só conseguiu entender após o término da partida na Vila Capanema. 

“Durante a semana eu achei que tinha alguma coisa fora do padrão do comportamento do nosso time depois da derrota. Se for resgatar, a gente teve oito jogadores que estavam no Campeonato Paranaense e, sem eles saberem, isso trouxe um fantasma, de que a gente perdeu esse jogo e agora as coisas vão desandar, por conta do tão pesado que foi a queda”, explicou. 

Para Feitosa, a vitória foi fundamental para que o pensamento carregado desse lugar a confiança. O treinador reiteirou que o foco dos jogadores e em evoluírem em todos os aspectos e como isso pode favorecer o Tricolor na competição. 

“Eu acho que essa vitória, de certa forma, exorcizou esse fantasma, de maneira que, em alguns momentos, eu percebi durante o jogo, mas não consegui identificar qual era o problema. Precipitar o passe, fazer a escolha errada tem a ver com essa ansiedade por conta da derrota e alguns jogadores, inconscientemente, pensam ‘vai começar de novo, perde, depois empate, depois perde’, mas eles estão trabalhando muito, para melhorar como atleta e como ser humano. Isso tem um reflexo no momento decisivo e acabar revertido a nosso favor”, ressaltou. 

O treinador do Tricolor também comentou sobre os aspectos alterados na equipe para conseguir o reencontro com a vitória, porém, já observou pontos a serem trabalhados durante a semana.

“Resgatamos a nossa coesão e consistência defensiva. Criamos jogadas, mas a gente ainda pode melhorar as nossas escolhas, e isso é treinamento. É conseguir estar concentrado, em um bom nível de relaxamento, para não perder a concentração”, afirmou. 

O Psraná volta a campo no próximo sábado (25), às 15h, para encarar a Portuguesa da Ilha, no Estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro. 

Confira a tabela da Série D