Operação prende torcedores do Atlético

Narley Resende


Torcedores do Atlético-PR foram presos nesta sexta-feira (1º) na Operação Estratagema II, da Polícia Civil. Foram expedidos seis mandados de prisão temporária e busca e apreensão em desfavor de torcedores pertencentes à torcida organizada do Atlético.

Todos são integrantes de uma facção chamada de “Zona Sul” do Atlético, acusados de envolvimento em roubo, lesões corporais e tentativa de homicídio contra um torcedor do Coritiba. A primeira fase da operação foi em abril e prendeu nove pessoas.

A ação é conduzida pela Demafe, a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos. A primeira etapa da operação Estratagema foi realizada no final de abril.

Na ocasião, nove pessoas foram presas acusadas de participarem de uma emboscada a um ônibus com torcedores do Coritiba que seguia de Campo Magro, Região Metropolitana, para Curitiba.

Os suspeitos pararam o ônibus usando uma arma de fogo e agrediram um torcedor, que precisou ser internado em estado grave.

Nesta semana, também houve conflitos entre torcedores do Coritiba e do Atlético durante o clássico Atletiba, no Couto Pereira. Quatro pessoas ficaram feridas em uma briga no terminal do Portão.

Nos primeiros momentos da partida, a Polícia Militar também encaminhou seis homens à Demafe: um por desacato à autoridade e cinco por tentar entrar no estádio com bebidas alcoólicas.

 

Previous ArticleNext Article