Operário vence Cianorte sem técnico e com Douglas Coutinho artilheiro

Jorge de Sousa

Operário vence Cianorte sem técnico e com Douglas Coutinho artilheiro

O Operário venceu fora de casa o Cianorte por 1 a 0 na tarde deste sábado (18) e deu um passo importante por uma vaga nas semifinais do Campeonato Paranaense.

Douglas Coutinho entrou no segundo tempo da partida e foi responsável por marcar o gol da vitória do Fantasma.

A partida foi realizada no Albino Turbay, em Cianorte, após autorização da Prefeitura Municipal para a disputa do jogo.

A FPF (Federação Paranaense de Futebol) ainda não confirmou oficialmente a data do jogo de volta, mas segundo a DAZN (detentora dos direitos de transmissão do torneio) a partida será realizada nesta quarta-feira (22), às 20 horas.

As quartas de final do Campeonato Paranaense foram abertas neste sábado com a vitória do FC Cascavel por 3 a 0 contra o Rio Branco.

OPERÁRIO SEM TÉCNICO NA PARTIDA

Em mais um impacto da pandemia da Covid-19, o técnico do Operário, Gerson Gusmão, não pode treinar a equipe na beira de campo após ter sido contaminado pelo vírus.

Gusmão nem viajou para Cianorte e o comando técnico do Operário na partida ficou sob responsabilidade de Diego Albrecht, um dos membros da comissão técnica da equipe.

O supervisor de futebol do Operário, Tiago Alencar, também testou positivo e não viajou com a equipe para Cianorte.

Gusmão e Alencar estão assintomáticos e nenhum outro profissional do Operário testou positivo para a Covid-19 até o duelo contra o Cianorte.

GOL RELÂMPAGO ABRIU VITÓRIA DO FC CASCAVEL

A partida começou marcada por lesões nas duas pessoas. Primeiro Morelli se lesionou ainda no aquecimento e teve que ser substituído por Everton Bala no Cianorte, enquanto Rafael Chorão sentiu um problema muscular com 15 segundos de jogo e Tomas Bastos entrou em campo no Operário.

Fora as lesões, o primeiro tempo ficou marcado por uma forte marcação das duas equipes e poucas chances de gol em um gramado muito castigado no Albino Turbay.

A melhor chance de gol da primeira etapa saiu aos 19 minutos. Após lançamento para a esquerda, Julinho tinha espaço aberto e chutou firme para Bruno espalmar.

O Operário quase abriu o placar novamente aos 26 minutos. Bruno recebeu recuo, Schumacher pressionou e o goleiro chutou a bola em cima do atacante, com a bola passando perto do travessão.

O segundo tempo manteve o ritmo lento, com as duas equipes demonstrando falta de ritmo devido a longa paralisação pela Covid-19.

Só que uma falha coletiva da defesa do Cianorte possibilitou o gol da vitória do Operário aos 26 minutos. Tomas Bastos cobrou escanteio no primeiro poste e Douglas Coutinho (debaixo do gol) apenas empurrou a bola para as redes.

O gol sofrido fez o Cianorte crescer de rendimento no final do jogo. Aos 30 minutos, Rodrigo Alves arriscou da intermediária e obrigou Rodrigo Viana a se esticar para mandar a bola para escanteio.

Nova chance do Cianorte aos 39 minutos. Após cruzamento de Prego, Lucão ganhou pelo alto e cabeceou perto do poste direito.

Já nos acréscimos o Operário quase ampliou o marcador. Tomas Bastos avançou pelo centro e finalizou da intermediária para Bruno espalmar.

Mas ainda deu tempo de Rodrigo Viana garantir a vitória do Operário. Após falta cobrado por Prego, Bonfim cabeceou para trás e o goleiro se esticou para defender em cima da linha.

Previous ArticleNext Article