Coritiba perde para o Operário e sofre a primeira derrota no Paranaense

O Coritiba perdeu fora de casa para o Operário por 2 a 1 e sofreu a primeira derrota no Campeonato Paranaense; Coxa é o quinto e o Fantasma o vice-líder

Pedro Melo - 27 de janeiro de 2022, 23:28

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O Coritiba perdeu para o Operário por 2 a 1, na noite desta quinta-feira (27), no estádio Germano Krüger, e sofreu a primeira derrota no Campeonato Paranaense. Felipe Garcia e Marcelo marcaram os gols da vitória do Fantasma, enquanto Henrique descontou.

Com a derrota, o Coxa estacionou nos três pontos e caiu para a quinta colocação. Do outro lado, o Fantasma vai a seis pontos e segue com 100% de aproveitamento ao lado do FC Cascavel. O Alvinegro é o segundo por conta do saldo de gols.

Na próxima rodada, o Coritiba busca a recuperação fora de casa contra o União, no domingo (30), às 20h, em Francisco Beltrão. Já o Operário vai até Paranaguá para jogar diante do Rio Branco no mesmo dia e horário.

CORITIBA NÃO JOGA BEM E CAI PARA O OPERÁRIO EM PONTA GROSSA

Apesar dos desfalques de última hora por conta de Covid-19, o Operário jogou melhor durante o primeiro tempo. A primeira chance foi em chute de Rodrigo Pimpão, que parou em Alex Muralha aos 10 minutos. Já aos 19, Rodrigo Pimpão tentou novamente, o goleiro coxa-branca espalmou e Felipe Garcia aproveitou a sobra para abrir o placar.

O Fantasma ainda teve a chance de ampliar aos 27 minutos. Marcelo pegou a sobra na ponta esquerda, chutou colocado e Alex Muralha se esticou para fazer grande defesa.

Do outro lado, o Coritiba finalizou pela primeira vez somente aos 43. Robinho passou para Pablo García, que deixou Igor Paixão de frente para o gol. O atacante chutou e Simão fechou bem o ângulo para evitar o empate.

No intervalo, o técnico Gustavo Morínigo mudou o ataque coxa-branca com a entrada de Pablo García no lugar de Luizão. Porém, a defesa deu espaço mais uma vez e o Operário aproveitou para ampliar a vantagem. Após jogada nas costas de Egídio, Felipe Garcia chutou e a bola bateu no braço de Márcio Silva dentro da área. Na cobrança do pênalti, Marcelo chutou rasteiro, Alex Muralha até acertou o canto, mas não evitou o gol.

Após levar o gol, o Coritiba mudou mais três vezes e colocou Natanael, Val e Régis. Com o sistema ofensivo modificado, o Coxa melhorou na partida e descontou aos 23 minutos. Luizão chutou cruzado, Simão fez grande defesa e Henrique marcou de cabeça no rebote.

Na reta final, o Operário se fechou e terminou a partida com quatro zagueiros para segurar vantagem e até levou perigo no contra-ataque. Já o Coritiba buscou o empate até o final, mas não acertou a meta do goleiro Simão.

FICHA TÉCNICA – 2ª RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE

Data, horário e local: quinta-feira (27), às 21h30, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

Operário: Simão; Arnaldo (Romário), Reniê, Willian Machado e Fabiano; André Lima, Pavani (Pio) e Marcelo (Gustavo Lopes); Lucas Mendes, Felipe Garcia e Rodrigo Pimpão (Thales). Técnico: Ricardo Catalá.

Coritiba: Alex Muralha; Matheus Alexandre (Natanael), Henrique, Márcio Silva e Egídio; Willian Farias, Matheus Sales (Val) e Robinho (Régis); Alef Manga (Nathan Fogaça), Pablo García (Luizão) e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo.

Gols: Felipe Garcia (OPE), aos 19' do primeiro tempo, Marcelo (OPE), aos 4' do segundo tempo, e Henrique (CFC), aos 23' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Simão, André Lima, Pavani, Rodrigo Pimpão, Felipe Garcia e Lucas Mendes (OPE); Robinho, Willian Farias, Val, Márcio Silva e Régis (CFC).

Arbitragem: Robson Babinski, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Wagner Junior Bonfim Ledo