Operário empata com o Vila Nova e praticamente dá adeus ao G-4

Jorge de Sousa

Operário - Vila Nova - Campeonato Brasileiro Série B

Com duas bolas na trave de Felipe Augusto, o Operário não saiu do 0 a 0 com o Vila Nova, na noite desta sexta-feira (8), e praticamente deu adeus para as chances de acesso no Campeonato Brasileiro da Série B.

O duelo válido pela 34ª rodada da Série B foi realizado no Serra Dourada, em Goiânia.

O empate fez o Operário cair para a oitava posição com 49 pontos e pode ver o Coritiba abrir sete pontos de margem para a equipe.

Já o Vila Nova segue na 18ª posição com 33 pontos ganhos, dois abaixo do Londrina, primeira equipe fora da zona de rebaixamento da Série B.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo na próxima semana, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O Operário recebe o Bragantino no Germano Krüger, na próxima terça-feira (12), às 21h30.

Enquanto o Vila Nova recebe o Guarani no Serra Dourada, na próxima quarta-feira (13), às 19h15.

O JOGO

A primeira chance do gol do jogo foi do Operário aos sete minutos. Maílton arriscou falta da intermediária e a bola passou perto do travessão.

No minuto seguinte, nova chance do Operário. Felipe Augusto recebeu na área e bateu firme para Rafael Santos espalmar.

Aos 12 minutos, novamente Felipe Augusto teve boa chance. Após escanteio da direita, o atacante ganhou da marcação e acertou o poste direito.

Nova chance do Operário aos 15 minutos. Uilliam foi lançado na área e obrigou Rafael Santos a fazer nova intervenção.

Felipe Augusto teve nova oportunidade aos 26 minutos. O atacante invadiu a área e tocou de cavadinha sobre Rafael Santos. A bola foi tirada em cima da linha por Jefferson.

A trave parou novamente Felipe Augusto os 40 minutos. O atacante finalizou firme de canhota e a bola explodiu no travessão.

Ainda deu tempo no primeiro tempo de Maílton novamente levar perigo na bola parada. O lateral encheu o pé da intermediária e Rafael Santos teve que se esticar para espalmar a bola.

A primeira chance clara de gol do Vila Nova foi aos cinco minutos do segundo tempo. Diego Jussani experimentou da intermediária e obrigou boa intervenção de Rodrigo Viana.

Nova chance do Vila Nova aos 12 minutos. Após cruzamento da esquerda. Wesley Matos ganhou pelo alto e escorou para bela defesa de Rodrigo Viana.

Rodrigo Viana apareceu bem novamente aos 22 minutos. Carlinhos foi lançado na área e bateu cruzado para bela defesa do goleiro.

O Operário respondeu aos 41 minutos. Maílton avançou pelo meio e bateu firme da intermediária para boa defesa de Rafael Santos.

O Vila Nova ainda teve a última chance de gol aos 46 minutos. Alan Mineiro cruzou na medida para Wesley Matos. O zagueiro cabeceou firme, mas Rodrigo Viana salvou o Operário.

Previous ArticleNext Article