Operário empata com Cruzeiro e segue no meio da tabela da Série B

Jorge de Sousa

Operário empata com Cruzeiro e segue no meio da tabela da Série B

Operário e Cruzeiro empataram em 1 a 1 na noite desta quinta-feira (16) e o Fantasma segue estacionado no meio da tabela do Campeonato Brasileiro da Série B.

Claudinho e Paulo Sérgio (de pênalti) marcaram os gols da partida realizada na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, porque o Cruzeiro conseguiu a autorização da Prefeitura Municipal para a presença de público no estádio.

O empate deixou o Operário momentaneamente na nona colocação, com 34 pontos. Já o Cruzeiro também está com dificuldades para se aproximar do G-4 da Série B e ficou na 12ª colocação, com 30 pontos.

O Cruzeiro volta a campo já neste domingo (19), quando duela contra o Vasco da Gama, em São Januário, às 16h, enquanto o Operário recebe a Ponte Preta, no Germano Krüger, na quarta-feira (22), às 21h30.

OPERÁRIO SEGURA PRESSÃO PELO EMPATE EM SETE LAGOAS

A primeira chance de perigo da partida foi criada pelo Cruzeiro. Marcelo Moreno arriscou da intermediária e a bola passou rente ao poste direito.

A resposta do Operário veio aos 15 minutos. Leandro Vilela fez boa jogada pela faixa central e tentou a finalização de média distância, errando por pouco a trave esquerdo.

O Cruzeiro abriu o placar aos 16 minutos. Fabiano tentou dominar de cabeça na área e foi desarmador por Claudinho, que finalizou firme para vencer Simão.

Fábio salvou o Cruzeiro aos 25 minutos. Marcelo bateu falta lateral direto para a meta, a bola quicou no gramado e o goleiro foi ágil para espalmar em cima da linha.

Aos 33 minutos, a equipe do VAR chamou o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira para verificar um possível pênalti para o Operário, após chegada de Eduardo Brock em Djalma Silva. Na revisão, Ferreira assinalou a penalidade.

Paulo Sérgio foi para a cobrança e bateu com categoria no canto direito, deslocando Fábio.

Simão salvou o Operário aos quatro minutos do segundo tempo. Wellington Nem fez boa jogada individual na entrada da área e finalizou cruzado para o goleiro espalmar no canto esquerdo.

Nova intervenção do goleiro aos 12 minutos. Marcelo Moreno foi acionado na área e finalizou rasteiro para Simão fazer a defesa sem dar rebote.

Simão apareceu novamente aos 36 minutos. Felipe Augusto cruzou da direita e Marcelo Moreno testou para o goleiro espalmar, com o rebote ficando com o centroavante que novamente parou em boa defesa do arqueiro.

A pressão do Cruzeiro resultou no gol da vitória aos 52 minutos. Reniê errou o corte, Giovanni pegou a sobra e encontrou Marcelo Moreno, que finalizou no canto esquerdo para vencer Simão.

Após mais de dez minutos, Rodrigo Dalonso Ferreira foi chamado pela equipe do VAR para avaliar um possível toque de mão de Giovanni no lance do gol e anulou o lance.

Jogadores e comissão técnica do Cruzeiro reclamaram após o encerramento da partida e o técnico Vanderlei Luxemburgo foi expulso por Rodrigo Dalonso Ferreira.

LEIA MAIS: Conmebol define datas de rodada tripla das Eliminatórias em outubro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="790542" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]